Sabia que uma postura deficiente tira-lhe anos de vida?

Pare! Não se mexa. Pense na posição em que se encontra a sua coluna vertebral neste momento. Está curvado sobre a secretária? Desconfortavelmente empoleirado numa cadeira? A sua pélvis está torta? Se assim for, pode estar a pôr em risco a sua saúde e a retirar anos à sua esperança de vida.

Sente-se direito

Assente bem os pés no chão e descontraia os ombros. Respire fundo várias vezes. Com estas três pequenas medidas, deu alguns passos no sentido de ter uma vida mais longa e saudável. Não se sente melhor? O corpo é uma obra de engenharia de estruturas bem afinada. Para que ele funcione e se comporte de uma maneira mais saudável, precisa de estar totalmente alinhado. Um corpo torcido exerce uma pressão anormal nos músculos, nos tendões e nos ligamentos, desgasta as articulações, os ossos e os músculos e é possível que afecte também os órgãos internos.

Uma má postura provoca dores no fundo das costas, entre outras lesões nas costas e na coluna.
As ligações com a longevidade são muitas. As dores no fundo das costas interferem frequentemente com o trabalho, conduzem a uma pior qualidade de vida e afectam a saúde em geral. Sabe-se que as pessoas idosas com as costas curvadas (hipercifose) têm uma tendência maior para morrer mais cedo, sobretudo devido a doenças cardiovasculares.

Pode melhorar a sua postura no emprego, certificando-se de que a sua secretária ou zona de trabalho foi concebida com base em preceitos ergonómicos. E consulte um ortopedista, que pode aconselhá-lo a fazer exercícios para alinhar os ossos e os músculos. O que está em causa é reforçar os músculos das costas e do abdómen para manter a sua coluna direita: peça a um professor de ginástica que lhe prepare um programa especial ou pratique ioga.

De acordo com a filosofia do ioga, é a flexibilidade da coluna vertebral, e não o número de anos, que determina a idade de uma pessoa. O ioga abranda o processo de envelhecimento dando elasticidade à coluna e firmeza à pele, eliminando o stress do corpo, reforçando os músculos abdominais e corrigindo a postura. A respiração profunda e ritmada no ioga alivia-o de padecimentos do foro respiratório, nomeadamente a asma, ao mesmo tempo que o aumento de oxigénio estimula a força muscular.
Diz-se que o ioga afecta todas as determinantes importantes de uma vida longa – o cérebro, a coluna, os órgãos internos e a circulação – e que tem uma influência acentuada na hipófise, na tiróide, na adrenalina e nas glândulas sexuais. Isto produz uma sensação de bem-estar e prolonga a potência sexual até à velhice. De acordo com as teorias do ioga, as posturas invertidas podem ajudar a prevenir o embranquecimento do cabelo (visto que há um maior afluxo de sangue aos folículos capilares) e o aparecimento das rugas faciais. Além disso, o aumento da pressão nos músculos do pescoço significa que a visão e a audição também podem melhorar.

Do que não há dúvida é que as técnicas de relaxamento e o exercício físico envolvidas no ioga se traduzem num estado mental e emocional positivo que o faz sentir-se mais enérgico, descontraído e optimista.


Adicionar Comentário