O que deve ter no seu estojo de primeiros socorros

Um estojo de primeiros socorros deve permitir-lhe tratar lesões sem gravidade, embora deva também estar equipado de modo a possibilitar acudir a ferimentos mais sérios até a vítima receber cuidados médicos profissionais. Pode comprar na farmácia um estojo completo ou arranjar uma caixa de plástico e combinar o material necessário — ou mesmo fazer dois estojos, um para ter em casa e outro para o automóvel. Guarde o equipamento de primeiros socorros numa caixa de plástico bem vedada numa prateleira superior de um armário ou noutro local fora do alcance das crianças. Não guarde o material de primeiros socorros numa caixa mal vedada na casa de banho ou na cozinha, porque a humidade pode deteriorá-lo. Quando for de férias, leve consigo o estojo de primeiros socorros. Escreva o endereço e o número do telefone do seu médico e do hospital da sua área num papel e guarde-o no estojo de primeiros socorros (cole-o, por exemplo, com fita adesiva na tampa da caixa).

Estojo para casa. Um estojo para casa deverá incluir:

  • Soluções anti-sépticas e compressas e algodão hidrófilo para limpar feridas.
  • Pomada anti-séptica.
  • Pensos rápidos de vários tamanhos para cobrir pequenas feridas.
  • Compressas esterilizadas de vários tamanhos para cobrir feridas maiores.
  • Pensos oftálmicos para lesões nos olhos.
  • Ligaduras tubulares para ferimentos nos dedos.
  • Um rolo de adesivo.
  • Ligaduras de crepe ou elásticas para entorses e ferimentos.
  • Aspirina ou paracetamol para aliviar as dores.
  • Pomada anti-histamínica para picadas ou mordeduras de insectos.
  • Loção de calamina para queimaduras solares ou irritações da pele.
  • Pinça para retirar farpas.
  • Tesouras para cortar adesivos e ligaduras.
  • Um alfinete de segurança para prender ligaduras.

Um estojo para o automóvel deverá incluir:

  • Pensos rápidos.
  • Compressas esterilizadas.
  • Ligaduras.
  • Pomada anti-séptica.
  • Tesoura.
  • Pomada anti-histamínica.
  • Loção de calamina para queimaduras solares.

2 comentários

  1. achei muito bom a sua explicaçao 19 de Agosto de 2010
  2. Juliana Trindade 19 de Maio de 2012

Adicionar Comentário