Desmaio, o que fazer se alguém perder os sentidos

O desmaio — uma sensação de mal-estar, tonturas e desfalecimento — é provocado por uma redução temporária do fluxo de sangue ao cérebro e, consequentemente, do oxigénio que ele transporta.

O desmaio resulta frequentemente do facto de a pessoa se encontrar num espaço quente e abafado, mas existem outras causas possíveis, como, por exemplo, um susto repentino, uma dor, stress ou baixa de nível do açúcar no sangue devido a falta de alimentação ou uma dieta excessivamente rigorosa. Por vezes, o desmaio ocorre quando a pessoa é obrigada a manter-se de pé e imóvel durante um longo período ou quando se ergue subitamente depois de estar numa posição curvada.

Os sinais de alarme são a palidez ou uma cor branco-esverdeada no rosto, bocejos frequentes, arrepios e suores frios. A vítima deve sentar-se ou deitar-se junto de uma janela aberta ou, se se encontrar no exterior, num lugar à sombra. Desaperte-lhe as peças do vestuário no pescoço e na cintura e, se estiver sentada, baixe-lhe a cabeça até ficar entre os joelhos.

Se vir alguém desmaiar, tente amparar-lhe a queda e verifique se continua a respirar. Se a respiração for normal, deite a vítima de costas; desaperte-lhe a roupa e levante-lhe as pernas acima do nível da cabeça. Dentro de casa, abra as janelas; na rua, proteja a vítima do sol. Depois de a vítima ter recuperado a consciência, mantenha-a deitada durante mais algum tempo.

Se ela não respirar, verifique se as vias respiratórias estão desimpedidas e, se necessário, faça-lhe respiração artificial. Deverá também procurar socorro médico se o desmaio demorar mais do que escassos minutos ou suspeitar de que a causa é uma lesão ou doença.


5 comentários

  1. Sergio Ricardo 12 de Julho de 2012
    • hellen lohana 8 de Outubro de 2012
  2. hellen lohana 8 de Outubro de 2012
  3. Katia Gomes 12 de Novembro de 2013
  4. Victor Costa Dias 13 de Novembro de 2013

Adicionar Comentário