Como prevenir a rubéola

A rubéola, doença infecciosa transmitida por contacto directo, em si mesma não é grave, mas se se declarar numa grávida durante as primeiras 16 semanas de gestação, pode afectar o feto — que pode nascer morto, surdo, cego ou com perturbações cardíacas.
Por esta razão, aconselha-se a vacinação a partir dos 13 anos às jovens que não tenham contraído rubéola. As mulheres mais velhas que ignorem se já tiveram rubéola devem fazer análises para verificar se estão ou não imunes. Se não estiverem, devem vacinar-se e evitar engravidar nos três meses seguintes.
O período de incubação prolonga-se por 14 a 21 dias. A erupção, que dura entre 1 e 5 dias, é formada por pintas cor-de-rosa, ligeiramente salientes, que aparecem atrás das orelhas ou no rosto e em seguida se espalham pelo resto do corpo. Podem também ocorrer dores nas articulações, que podem durar até 14 dias.
As pessoas que contraírem rubéola devem ficar em casa durante 4 dias após o aparecimento da erupção e, se necessário, tomar analgésicos para alívio das dores.
Consulte o médico em caso de dores intensas nas articulações, temperatura elevada ou fortes dores de cabeça.
morno. Lave as lãs e as sedas à mão em casa.

Lavagem à mão:
Em geral, a etiqueta indicará a temperatura à qual a peça deve ser lavada à mão: a 50°C considera-se «a quente» — tão quente quanto a mão pode suportar; a 40°C considera-se lavagem «a morno» — a água encontra-se a uma temperatura agradável à mão; a 30°C considera-se a água «fria», e esta transmite à mão precisamente essa sensação.
A maior parte da roupa deve ser «posta de molho» antes de ser lavada à mão. Se a roupa tiver nódoas de gema de ovo, molho de carne ou de sangue, ponha de molho num detergente biológico, se o tecido o permitir, seguindo as instruções da etiqueta. De um modo geral, ponha a roupa de molho durante cerca de duas horas em água fria ou morna com detergente em pó, de acordo com as instruções da embalagem.
Deite o detergente na água e agite bem antes de colocar a roupa. Nunca junte peças brancas com outras de cor, pois as brancas ficarão acinzentadas.
Lave as peças de lã e de seda seguindo rigorosamente as instruções da etiqueta. Não ponha de molho, não torça e deixe secar ao abrigo do sol.
As peças maiores, tais como cobertores, devem ser lavadas numa banheira ou alguidar grande. Lave os artigos que não precisem de ser passados a ferro separadamente. Ao lavar peças de lã ou de fibras sintéticas, agite-as suavemente, evitando torcer e esfregar demasiado. Após a lavagem, enxagúe bem a roupa.


Adicionar Comentário