Como fotografar panoramas naturais

Eis alguns conselhos para que possa obter bons resultados:

  • Componha a imagem na objectiva; uma máquina com objectiva normal não pode ver tanto quanto o olho humano.
  • Evite fotografar cenas distantes, com um primeiro plano monótono e incaracterístico com um fundo de céu vazio.
  • Para criar uma sensação de profundidade, utilize vedações, muros baixos ou sebes como primeiro plano.
  • Escolha um objecto visualmente interessante, por exemplo uma casa de quinta cm ruínas ou uma árvore sem folhas, como foco do interesse.
  • Tente compor a imagem com o elemento principal descentrado ou posicionado num dos lados. Trepe a um rochedo ou ajoelhe-se na busca de um ângulo mais interessante.

A «regra dos terços», muitas vezes usada pelos pintores, ajudará a alcançar um equilíbrio visual satisfatório.

Mentalmente, trace linhas que dividam a imagem em terços, na vertical e na horizontal, como no jogo do galo. Tente posicionar o assunto principal e as características interessantes menores ao longo das linhas ou nos pontos em que estas se cruzam. Os quatro pontos de intersecção são os pontos focais mais fortes da imagem.

Tente compor a fotografia de modo que o horizonte ou a borda de um campo se estendam ao longo de uma das linhas horizontais.

Evite fotografar paisagens perto do meio-dia. A melhor hora é de manhã cedo ou ao fim da tarde. A aurora e o crepúsculo proporcionam eleitos de luz particularmente interessantes. Se tiver de fotografar a meio do dia, utilize um pára-sol para proteger a objectiva da força da luz.

Para obter boa definição, utilize uma abertura pequena (número f alto) e um filme lento; um filme de ISO 64-100 dará bom resultado, mas existem filmes mais lentos — ISO 25 e 50. Para fotografias de exposição longa, o tripé reduzirá o tremer da máquina.

Se possuir uma máquina de 35 mm com regulações ajustáveis, poderá modificar a cor ou o contraste tonal por meio da colocação de um filtro.

Filtros de contraste

Utilizados apenas com películas a preto e branco. Fazem sobressair os pormenores.

Filtro ultravioleta

Utilize-o para eliminar a neblina azul suja que muitas vezes desfigura as paisagens de mar, as fotografias de lagos e de paisagens tiradas a grande altitude.

Filtro de polarização

O brilho áspero reflectido pela água ou pelas superfícies brilhantes é reduzido por um filtro de polarização, o qual também pode ser utilizado para tornar o céu mais escuro. Os filtros de contraste e de polarização exigem que se aumente o tempo de exposição (velocidade do obturador) um ou dois pontos.


One Response

  1. Cláudia Marques 16 de Maio de 2012

Adicionar Comentário