Como escolher, conservar e reparar o Ferro de Engomar

Os três tipos principais de ferro de engomar eléctricos são o ferro vulgar, o ferro a vapor e o ferro a vapor com pulverizador. Têm todos um termóstato incorporado, regulado por um botão selector de temperatura, e indicação das qualidades de tecidos que devem ser engomados às diversas temperaturas.

O ferro a vapor permite, além disso, regular a intensidade do vapor. Uma pequena válvula incorporada no próprio ferro permite que a água do depósito goteje sobre a superfície superior da placa quente da base do ferro. Em contacto com o metal quente, a água evapora-se e o vapor sai por orifícios ou ranhuras abertos na base.

Os ferros a vapor são muito úteis para passar roupa muito seca. Alguns ferros deste tipo estão ainda equipados com um sistema de pulverização que lança para a frente um jacto fino de água ou vapor quando se carrega num botão inserido na pega — um complemento útil para desfazer vincos ou para engomar roupa extremamente seca.

Como escolher um ferro de engomar

Comece por decidir o tipo de ferro que mais lhe convém e depois procure um que possa empunhar comodamente e que seja equilibrado. O peso do ferro não é factor importante; as características que permitem obter bons resultados são a temperatura e o teor de humidade correctos para o tecido a engomar.

Tenha também em consideração as características especiais oferecidas pelas diferentes marcas de ferros, tais como uma lâmpada de aviso, que acende quando o ferro liga e apaga quando este atinge a temperatura desejada; um indicador do nível de água, que indica a quantidade de água contida no depósito, e um cabo eléctrico, cuja posição pode ser regulada de modo que o ferro possa ser usado com a mão direita ou a esquerda.

Utilização e manutenção do seu ferro de engomar

O cabo eléctrico de três condutores deve estar correctamente ligado a uma ficha de calibre adequado. Verifique a indicação na chapa do ferro ou na embalagem. Nunca ligue um ferro eléctrico a um circuito de iluminação que não esteja preparado para suportar a carga de cerca de 1 kW de um ferro eléctrico.
Evite o desgaste do cabo, impedindo ao mesmo tempo que roce na roupa que está a ser engomada, fixando ao rebordo da tábua de engomar um suporte para cabo.

Encha sempre o ferro a vapor com água destilada, que pode adquirir numa farmácia ou obter adicionando um produto apropriado à água da torneira, a menos que o fabricante indique expressamente que pode utilizar desta água. Antes de encher ou despejar a água do ferro, certifique-se de que este está desligado da tomada. Esvazie o depósito imediatamente depois de se ter servido do ferro e enquanto ele está quente. Assente sempre o ferro no descanso e guarde-o também pousado sobre o descanso quando não o está a utilizar. Não enrole o cabo flexível à volta do ferro enquanto este está quente.

Substituição do cabo do ferro de engomar

Substitua o cabo do seu ferro de engomar sempre que este comece a desfiar ou a apresentar sinais de desgaste. Compre um pedaço de cabo eléctrico de três condutores revestido de tecido, com um calibre de pelo menos 6 A — mas se o ferro tiver uma potência de mais de 1440 W, utilize um cabo de 10 A.

Antes de começar o trabalho, assegure-se de que o ferro está desligado. Retire a tampa da parte de trás da pega. Observe atentamente o processo de ligação dos três condutores de cores diferentes — azul (neutro), preto ou castanho (fase) e verde-amarelo (terra) —, desligue-os e retire o cabo através do tubo protector de borracha.

Enfie o novo cabo pelo tubo até aos pontos de ligação. Desnude cerca de 6,5 cm do revestimento exterior do cabo — ou o suficiente para que os fios cheguem facilmente aos terminais. Retire a camada isoladora das pontas dos fios, deixando cerca de 1,5 cm de fio metálico a descoberto. Ligue os fios aos terminais correctos do seu ferro de engomar.


One Response

  1. Luisa Maia Dos Santos 29 de Maio de 2013

Adicionar Comentário