Como fazer arranjos de flores artificiais

Se gosta de ter a sua casa sempre enfeitada ou mesmo oferecer uma prenda especial, então aprender como fazer arranjos de flores artificiais é o indicado. Saiba neste artigo como se faz um bonito arranjo de flores artificiais, que embora não tenha a mesma beleza de um arranjo de flores naturais, tem a grande vantagem de durar para sempre.

Material para fazer arranjos de flores artificiais

Os materiais de que vai precisar para fazer o arranjo de flores artificiais são:

  • um vaso bonito (uma peça que sirva de vaso ou cachepot,
  • flores artificiais à escolha (podem ser várias diferentes),
  • folhagens (no caso do arranjo),
  • argila,
  • cola branca,
  • saco de plástico (para forrar o vaso),
  • um alicate,
  • uma tesoura de poda,
  • barba de boda ou musgo (para o acabamento),
  • pedrinhas pequenas (ou o que desejar para forrar cahcepots de vidro se for utilizar um desse tipo).

Como fazer o arranjo de flores artificiais

Depois de já ter escolhido as flores, quanto ao vaso (ou vasos), saiba que deverá ser um dos que têm furo para plantar. Para que a argila não “escorregue” pelo furo, tape com um pedaço de papel e coloque um pouco de cola no fundo para que a argila fique mais fixa.

Caso resolva usar uma peça que pretenda utilizar no futuro para outra coisa qualquer, deixe esta parte de lado, não a faça, e coloque apenas um saco de plástico no vaso e a argila no interior.

Neste caminho de aprender como fazer arranjos de flores artificiais, para que consiga que as flores fiquem firmes e não se soltem com o tempo, o melhor é entortar um pouco cada caule, tal qual um cabo de guarda-chuva, fixando a argila e apertando com os dedos. Faça com que o caule fique espetado, apertando-o com firmeza.

Nesta altura do campeonato não será necessário preocupar-se já em deixar tudo arrumadinho e no sítio, ou seja, não se preocupe já com o caule das flores ficar bem ajeitado.

arranjo de flores artificiais

Saiba que para fazer arranjos de flores artificiais, deverá deixar que a argila seque por completo e, depois, poderá, então, jogar à vontade com os galhos, entortando-os, bem como às flores. Coloque-as como desejar.

Se tiver escolhido orquídeas, deverá também escolher cachepots mais pequenos. Nos casos em que tiver escolhido peças de madeira com algum espaço, forre o cachepot com plástico para que a argila não “escorra”, e só depois colocar, então, a argila.

Para continuar neste processo de fazer arranjos de flores artificiais, recorte o excesso de plástico das laterais e coloque já um pouco de barba de bode para esconder a argila, fixe com a ajuda de um palito. Aqui, basta espetar o galho e, se quiser, coloque uns galhos secos junto a isso.

Para fazer arranjos de flores artificiais em bases de vidro, não tem grande ciência. Com muito cuidado para não estragar a peça, coloque um pouco de cola no fundo do vidro e, com muita delicadeza, faça uma espécie de rolo de argila. Coloque no cachepot, deixando um espaço entre a argila e a peça, para dar o acabamento. Pode usar pedras pequenas brancas, por exemplo, para cobrir o fundo e para esconder a argila.

Aos poucos, corte os galhos das folhagens, entortando ligeiramente cada um. Lembre-se que deverá entortar os caules para que a argila fique melhor fixada.


Adicionar Comentário