Perguntas Frequentes sobre Terceirização

Quando vamos iniciar um processo de terceirização de funções existem várias perguntas que todos nós fazemos, iremos ver Quais as principais perguntas feitas sobre a terceirização.

Quanto devo pagar a um trabalhador autônomo?

Quanto você deve pagar a alguém para quem você terceiriza um função de trabalho depende das competências e da experiência da pessoa, assim como da complexidade do projeto que você planeja terceirizar.

Muitas vezes, quando você visita plataformas de trabalho e sites de leilões como Elance.com e Guru.com, você pode receber ofertas competitivas de compradores qualificados. Um passo que você pode tomar é descobrir quanto outras pessoas estão pagando por projetos similares usando essas plataformas.

Lembre-se quando terceirizar que nem sempre você deve optar pela oferta mais barata. Muitas vezes o preço é um reflexo da qualidade. Quando se trata de muitos trabalhadores de escrita e programação de software, você tem aquilo que você paga.

Qual a diferença entre um funcionário e um trabalhador autônomo?

Um funcionário é alguém que você contrata diretamente e que desempenha funções de uma maneira determinada por você. Geralmente quando você contrata um funcionário, você tem que reter impostos de rendimento dos seus salários e pagar segurança social e taxas médicas, mais impostos de desemprego.

Um trabalhador autônomo não é nada mais do que um indivíduo auto-empregado. Você não diz como eles fazem o trabalho delas, você simplesmente explica o trabalho que você quer que seja feito e eles fazem usando seus próprios meios.

A relação entre um funcionário e um trabalhador autônomo ou alguém para que você terceiriza trabalho é diferente. Quando um empregador contrata um funcionário, normalmente o empregador controla quando onde o funcionário trabalha, que equipamento ou ferramentas o funcionário deve usar para fazer o trabalho e como o funcionário deve completar o trabalho numa sequência específica.

Quando o dono de um negócio contrata um trabalhador autônomo, o trabalhador decide onde e como o trabalho é feito e usa seu próprio equipamento e serviços para desempenhar funções num prazo determinado.

terceirização

O que exatamente É a terceirização?

A terceirização se refere ao processo de delegar tarefas secundárias a trabalhadores autônomos para desempenharem certas metas e objetivos organizacionais ou de projeto.

Pode ver mais sobre o que é a terceirização aqui

Quais as razões pelas quais um Internet marketer ou outro profissional deve terceirizar?

Existem muitas razões pelas quais um marketer ou outro profissional pode decidir terceirizar. Por um lado, terceirizar tarefas secundárias permite ao chefe da organização ou da empresa se focar em planejamento estratégico e partilha de conhecimento.
A terceirização também tira o líder da empresa das tarefas mundanas e diárias que devem ser concluídas para manter o negócio em funcionamento. A terceirização também pode expandir a base de conhecimento de um indivíduo ou grupo e melhorar a eficiência com a qual ações são desempenhadas na organização.
Aqui estão alguns outros benefícios frequentemente mencionados da terceirização:

  • O dono ou empreendedor do negócio principal é capaz de se concentrar em tarefas mais exigentes relacionadas ao planejamento e crescimento do negócio.
  • Geralmente, o trabalho executado pelos trabalhadores é de baixo custo portanto o dono do negócio consegue mais economias de escala.
  • Quando o dono de um negócio próprio terceiriza projetos ou funções, ele ajuda a introduzir novas formas de pensar e novos conhecimentos na empresa que pode melhorar a eficiência organizacional.
  • Existe um potencial para um maior acesso em novos mercados através de redes de contatos encorajadas pela terceirização com trabalhadores globais.

Segredos Comerciais, Direitos Autorais e Patentes

Posso proteger minhas ideias por lei e licenciá-las?

Normalmente você não é capaz de licenciar uma ideia a menos que consiga provar que é dono da ideia e isso pode ser um desafio. Uma forma simples de proteger suas ideias, design e segredos comerciais é através de direitos autorais, patentes de design e marcas registradas.

terceirizacão

O que exatamente se qualifica como segredo comercial que eu possa incluir ou proteger através de um NDA?

Um segredo comercial pode incluir muitos ingredientes, incluindo design de software ou programação, um design web ou fórmula inovadora e mesmo aparelhos e ideias. Segredos comerciais ajudam a proteger informação e oferecem aos donos de negócios uma vantagem competitiva num mercado globalmente competitivo.

Você pode proteger muitas coisas, incluindo os métodos que você usa para recolher informação, qualquer receita que você possa usar ou invenções em que você esteja trabalhando para ganhar uma patente.

Você também pode proteger fórmulas que você usa para criar novos produtos e mesmo ideias que você tenha para livros ou programas de marketing que você pense vender.

Como funciona um segredo comercial na programação?

Você não pode simplesmente chamar a programação ou o design e informação que você tem de segredo comercial. Você tem que deixar clara a sua intenção de manter a informação que você tem em sigilo. Você pode ter que manter a informação, incluindo sua programação ou design codificada ou fechada de maneira que apenas um seleto grupo de indivíduos que assinem acordos de sigilo possam acessá-la. A forma mais simples de proteger sua informação é criando acordos de NDA. Geralmente quando há um conflito um tribunal decidirá a favor da parte que criou e assinou o acordo NDA oferecendo muita proteção legal.

Se um programador seu assinar um acordo NDA, ele não pode trabalhar com outra empresa e revelar seus segredos comerciais sem uma sanção de lei. Um processo de infração pode ser iniciado se for este o caso. Segredos comerciais são em geral aqueles que o dono pode provar serem confidenciais por natureza e que podem fornecer uma vantagem competitiva sobre outros profissionais da área.

Como é que um direito autoral difere de uma patente?

Direitos autorais protegem produtos artísticos incluindo escrita, obras de arte, software e vídeo ou música. Por norma as patentes são reservadas para design e software, mas direitos autorais e uma patente de design podem ser aplicadas quando uma empresa está trabalhando com trabalhadores autônomos que entregam serviços de escrita e programação de software.

Uma patente protege também uma empresa de um trabalhador autônomo que projete um programa de software e que tente reutilizá-lo para seus objetivos financeiros.


Adicionar Comentário