Conservas, como conservar fruta em calda

Todos os tipos de fruta podem ser guardados em conserva, o que lhes preserva o sabor e a cor. Os frutos devem ser cuidadosamente escolhidos e preparados. Certifique-se de que são frescos, maduros e completamente sãos.

Use boiões próprios para esse fim e verifique se estão em boas condições, assim como as tampas e as anilhas de borracha.

Comece por retirar os pedúnculos e as folhas a frutos como amoras, framboesas e morangos. Corte as partes de cima e de baixo às groselhas.

As maçãs, as pêras e os MARMELOS devem ser descascados, descaroçados e juntados aos quartos ou ás rodelas. Os damascos e os pêssegos podem ser conservados inteiros ou partidos ao meio e com ou sem caroço. Descasque os pêssegos e também os damascos, se preferir. As ameixas e os abrunhos conservam-se geralmente inteiros, mas os muito grandes podem ser cortados ao meio e descaroçados. As cerejas podem ser conservadas com ou sem caroço.

Lave muito bem os frutos já preparados e verifique novamente se estão completamente sãos.

Como preparar a calda

Embora se possa usar água para a conserva, uma calda feita em casa melhora o sabor e a cor dos frutos. Em média, a dosagem da calda é de 250g de açúcar para 0,5 l de água. Junte o açúcar, de preferência granulado, a metade da água. Leve a ferver, mexendo ate que o açúcar derreia; deixe ferver durante 1 minuto. Acrescente depois o resto da água e leve a ferver de novo. A calda pode ser deitada quente ou fria sobre a fruta.

Como as cerejas são pouco ácidas, junte um quarto de colher de chá de ácido cítrico a cada 0,5 l de calda.

Como acondicionar a fruta

Humedeça o interior dos boiões com água fria e meta cuidadosamente a fruta lá dentro. Escolha frutos de tamanho aproximado e com uma colher acomode-os sem os esmagar. Meta cerca de 275-350g de fruta num boião de 0,5 l.

Deite dentro a calda e retire as bolhas de ar, metendo num dos lados do boião a lâmina de uma faca esterilizada. Acabe de encher com calda e coloque as tampas sem as apertar para que o vapor possa sair durante a esterilização e os boiões não rebentem.

 

conservas

 

Esterilização

Os dois melhores processos de esterilizar a fruta são em banho-maria e na panela de pressão.

O banho-maria é mais seguro, mas requer um termómetro de cozinha. Arranje uma panela grande e adapte-lhe um fundo falso, como uma grelha ou um pano.

Coloque os boiões sobre o fundo falso sem que toquem uns nos outros; um pano metido entre eles servirá para o efeito. Encha a panela com água fria até esta atingir o nível da calda. Meta o termómetro na água e aqueça a panela lentamente, elevando a temperatura até atingir 54°C numa hora e a temperatura desejada em hora e meia.

Os frutos moles e as rodelas de maçã devem ser mantidos a 90°C durante 10 minutos e toda a outra fruta a 95°C durante 15 minutos, com excepção das pêras, que serão submetidas à temperatura de 100°C durante 30 minutos.

Depois de a fruta ter sido esterilizada, retire os boiões da panela (use luvas de cozinha grossas para proteger as mãos) ou vaze a água quente com uma concha antes de levantar os boiões com uma tenaz. Coloque os boiões numa superfície quente e seca. Enrosque imediatamente as tampas e deixe os boiões em repouso durante a noite.

O método da panela de pressão é rápido, mas acautele-se para não cozer demasiado a fruta. Ponha a grade da panela ou um fundo falso (como atrás) dentro da panela e deite água até uma altura de 2,5 cm. Coloque os boiões preparados na panela e feche a tampa, deixando a válvula aberta. Aqueça lentamente até o vapor de água sair num jacto contínuo, o que deve levar entre 5 e 10 minutos. Feche a válvula.

Mantenha a pressão durante 1 minuto para as maçãs, o ruibarbo, os frutos moles, as ameixas e os abrunhos. Prolongue por 3-4 minutos para maçãs que estejam muito apertadas no boião e também para os damascos, pêssegos e ameixas cortados ao meio. As pêras precisam de 5 minutos.

Tire a panela do lume e deixe-a arrefecer durante 10 minutos. Em seguida, puxe a válvula para aliviar a pressão. Finalmente, abra a panela, tire os boiões e aperte as tampas. Coloque-os sobre uma superfície quente e seca e deixe arrefecer durante a noite.

Como guardar os boiões

Limpe os restos pegajosos do exterior dos boiões, ponha-lhes rótulos e guarde-os num lugar fresco, seco, escuro e bem arejado. Quando precisar de abrir um boião, tire a mola, coloque-o em água quente e levante a tampa com a ponta de uma faca.


2 comentários

  1. nelson 9 de Março de 2012
  2. Maria Alice Farinha Pires 16 de Agosto de 2013

Adicionar Comentário