Como poupar na iluminação

Apesar de você não saber, na maioria das casas situadas em Portugal, os custos de iluminação atualmente representam cerca de 15% da fatura da eletricidade.

Numa grande parte dos casos, pode ter toda a certeza que alguns custos desnecessários podem ser completamente evitados.

Leia algumas dicas de como poupar na iluminação e aprenda a reduzir o valor que vai aparecer na sua fatura de pagamento:

  • Tente utilizar a luz natural sempre que conseguir. Sempre que tenha acesso à luz natural,aproveite-a. Esta, para além de lhe não dar qualquer tipo de custo, também cria um excelente ambiente;
  • Escolha sempre o melhor tipo de tecnologia possível. Nos dias de hoje, existem diversos tipos principais de lâmpadas que podem ser utilizados em meios domésticos. As mais económicas são as fluorescentes e as fluorescentes compactas. Estas  lâmpadas têm a função de emitir a mesma luz que uma lâmpada comum, e podem gastar cerca de 80% menos de energia;
  • Tenha a certeza que desliga a iluminação e todos os aparelhos sempre que não precise. Não haja a mínima dúvida que existe uma enorme quantidade de ocasiões que é realmente possível evitar o desperdício relacionado com a iluminação. Por exemplo, podemos falar sobre a água (que é um caso diferente), no qual a maioria das pessoas conhece  a necessidade de não desperdiçar de uma forma inútil. Apesar do baixo custo, em termos de energia, também temos que aplicar várias formas e métodos para conseguir poupar dinheiro;
  • Limpe muito bem todo o pó existente nos utensílios de uma forma regular. Caso você não saiba, uma grande camada de pó tem a capacidade para bloquear até 50% da produção da luz.
  • Afaste as lâmpadas de fontes de calor.  O calor criado e desenvolvido pode fazer com que a fornalha dê menos do que é realmente necessário ou o seu ar condicionado mais do que é preciso;
  • Nunca se esqueça de ler com muito cuidado todas as embalagens das lâmpadas que compra. As lâmpadas de conservação de energia têm a função de criar uma maior quantidade de lúmenes por cada watt de eletricidade que é usado;
  • Tenha sempre o máximo cuidado de verificar a voltagem máxima que poderá ser permitida pela fixação.

Adicionar Comentário