O guia essencial de ferramentas e materiais de bricolage

Comprar ferramentas pode ser tão agradável quanto comprar vestuário, com a vantagem adicional de, comparativamente, tudo parecer uma pechincha. Pelo preço de uma T-shirt de marca, pode adquirir um kit de ferramentas completo que dura anos, não encolhe aquando da lavagem e não passa de moda. As ferramentas eléctricas são bastante mais económicas que um vestido de alta-costura e pode envernizar um soalho completo pelo que pagarla a uma manicura profissional.

 

O ambiente de um centro de bricolage pode não ter tanto estilo quanto o de uma loja de pronto-a-vestir, sendo antes ruidoso e agitado. As primeiras visitas podem ser um pouco desencorajadoras, mas muitas lojas têm bastante pessoal à altura para a aconselhar acerca das ferramentas e equipamento. Torne-se amiga do pessoal da loja de ferragens ou do centro de bricolage mais perto de si. Preparado para atender construtores e empreiteiros mal-humorados, esse pessoal ficará, no mínimo, feliz por poder explicar-lhe como, porquê e o que comprar.

 

Muitos dos centros de bricolage estão virados especialmente para o entusiasta amador. Possuem todos os produtos que tornam mais fáceis os trabalhos com ferramentas, ferragens e materiais já cortados, fazendo com que os principiantes possam abraçar projectos bastante audaciosos.

 

Muitas lojas também possuem desdobráveis que fornecem instruções detalhadas e idóneas, acompanhadas de esboços e sugestões úteis. Convém cingir-se a trabalhos simples, que utilizem componentes com uma boa qualidade e aspecto.

 

Em artigos como ferramentas manuais simples, a qualidade reflectir-se-á no preço: para uma principiante, em geral as mais económicas são perfeitamente adequadas. No caso dos artigos com mecanismos, motores ou electricidade, o ideal será escolher os de uma marca bastante conhecida e idónea, pois estarão de acordo com os requisitos e regras de segurança em vigor. Muitas vezes, os materiais de decoração de marca desconhecida são muito mais económicos; a maioria é extremamente boa e não difere muito dos de marca. Contudo, algumas tintas são muitas vezes menos espessas necessitando por isso de camadas extra, enquanto que os produtos como, por exemplo, as massas de enchimento, não têm a qualidade dos mais dispendiosos. As tentativas e os erros são uma forma de aprender, mas não hesite em perguntar ao pessoal das lojas ou, até mesmo, aos outros compradores. A camaradagem existente entre os amantes da bricolage pode conduzir a conversas esclarecedoras sobre canalização, ou até mesmo a amizades duradouras!

 

10 ferramentas essenciais para bricolage

 

Existe à venda no mercado um grande número de ferramentas estranhas e assustadoras, mas a maioria dos trabalhos básicos de bricolage podem ser feitos apenas com algumas (poucas) delas. A parte difícil é escolher, de entre as cerca de uma centena de chaves de fenda penduradas nos expositores das lojas de bricolage, qual é a que lhe convém. A boa qualidade é importante, mas as ferramentas dispendiosas destinam-se geralmente aos profissionais ou aos mais exigentes. Existem muitas ferramentas bastante boas, a preços muito razoáveis.

 

furador

 

Pequeno e afiado espigão espetado num punho de madeira. Utilizado para assinalar a posição e fazer um pequeno furo inicial para apontar pregos, parafusos e ganchos.

 

X-acto

 

O X-acto clássico possui um punho moldado à sua mão, com lâminas de vários formatos que podem ser substituídas. Utilizados para cortar tudo, desde cartão a alcatifa.

 

nível de bolha

 

Um instrumento estranho, que mostra se as superfícies e contornos se encontram perfeitamente horizontais e verticais. Vital para a colocação de prateleiras.

 

martelo de orelhas

 

Essencial num kit de ferramentas. Utilizado para martelar pregos e para os remover. Indispensável para pequenos trabalhos de demolição.

 

fita métrica

 

Metálica e extensível, pode ser usada para medir compartimentos inteiros ou distâncias mais pequenas. Uma fita de 3 m é a ideal.

 

esquadro de encosto

 

Rectângulo de madeira com outro de metal inserido a, exactamente, 90 graus. Útil para marcar tábuas de madeira e cortar e verificar ângulos rectos.

 

chaves de fenda

 

Existem dois tipos principais: as comuns, que têm uma ponta achatada e são utilizadas em parafusos cuja cabeça possui uma ranhura direita; e as que são utilizadas em parafusos de cabeça em forma de cruz. Necessitará de ambos, disponíveis em vários tamanhos e comprimentos. Para um aparafusamento mais rápido, existem chaves de fenda eléctricas. Poupam energia, aparafusam e também desaparafusam.

 

chaves de boca

 

Para apertar e desapertar porcas e parafusos de cabeça sextavada. Um conjunto de chaves de boca não é demasiado dispendioso.

 

serrotes

 

Adquira um serrote multi-usos para cortar madeira, metal e plástico. Invista também numa serra de arco, com uma lâmina fina e substituível, útil para cortar metal e plástico.

 

alicate

 

Para segurar objectos de modo a poder mover, apertar, pressionar ou remover uma grande variedade de coisas, desde pregos em cantos de difícil acesso, a parafusos que teimam em desapertar. Normalmente possui um orifício no centro, com uma lâmina para cortar fios eléctricos. O alicate comum é óptimo para trabalhos em geral, mas o de pontas é útil para coisas mais complicadas.

 

10 conselhos úteis para quem deseja fazer bricolage

 

Adquira uma mala ou saco com compartimentos ou divisórias, para guardar a sua ferramenta.

 

Certifique-se de que o seu kit de ferramenta está à mão.

 

Quando terminar de usar as ferramentas, volte sempre a guardá-las na caixa ou saco.

 

Guarde o manual de instruções junto das ferramentas.

 

Adquira um berbequim vendido numa embalagem com divisórias para guardar todos os acessórios.

 

Cubra as lâminas afiadas, quando não as estiver a utilizar.

Deite fora todas as lâminas velhas.

 

Tenha sempre no kit um par de luvas de borracha, óculos de protecção, uma máscara e pensos rápidos.

 

Mantenha sempre juntos e nas embalagens originais os conjuntos de chaves de fenda e de bocas.

 

Para um manuseamento mais seguro e confortável, escolha sempre ferramentas eléctricas que se ajustem à sua mão e não sejam demasiado pesadas.

 


Adicionar Comentário