Como reparar e recuperar soalhos de madeira

Substituir uma tábua pode ser uma tarefa simples ou complicada, dependendo do seu comprimento, largura e acessibilidade. Se tiver um belo soalho antigo opte por contratar um carpinteiro profissional para o tratar.
É fácil lidar com um pedaço curto de tábua de soalho situado no meio de um compartimento, mas quando se trata de tábuas compridas nas extremidades o trabalho torna-se muito mais difícil. A não ser que a tábua esteja muito danificada – ou ainda infestada de caruncho – é preferível limitar-se a afagá-la e envernizá-la.

As tábuas de soalho são vendidas numa grande variedade de larguras e espessuras. As vulgares placas de madeira branca, podem ser adquiridas em serrações e centros de bricolage. As tábuas de soalho antigas são quase sempre mais largas e por isso pode ter de se dirigir a um particular que as venda.
As tábuas de soalho são presas a vigas (barrotes de madeira que constituem a armação do soalho e, em quartos de pisos superiores, apoiam o tecto do andar inferior) e correm na direção oposta a estas. Normalmente são presas com pregos para soalho, cujas faces são direitas para evitar fissuras, e uma cabeça estreita e voltada para um dos lados que se afunda na madeira.

Substituir uma tábua de soalho

O levantamento de uma tábua de soalho deve ser feito com cuidado, para evitar danificar as que lhe estão adjacentes. O ideal será utilizar um formão de aço com lâmina larga e achatada para levantar ligeiramente a tábua, e outro mais convencional, que é mais forte e tem o comprimento suficiente para ser inserido por baixo dela e ajudar no processo de levantamento. Outras ferramentas úteis incluem o martelo de orelhas, uma serra de recorte, um punção e pregos sem cabeça, para soalho.

Armadilhas potenciais

Se deparar com alguma das situações seguintes, procure a ajuda de um carpinteiro: Problema: A tábua desaparece por baixo do rodapé: terá de o levantar, de modo a poder retirá-la ou então terá de a cortar ao meio.
Problema: A tábua está pregada por baixo do rodapé: terá de a cortar o mais junto ao rodapé possível. Problema: As tábuas são macho-fêmea: não há abertura para um levantamento. Problema: A nova tábua fica num nível abaixo do restante soalho: terá de colocar algo por baixo (cartão ou uma madeira fina).
Problema: a tábua nova fica acima do nível do restante soalho: pode ter de aplainar a tábua para a tornar menos espessa, ou abrir um entalhe na viga para assentar a tábua.

recuperar os soalhos

Os soalhos de madeira sem qualquer revestimento são muito populares pois dão um aspecto fresco e moderno e são económicos. Basta afagar e envernizar a madeira, desde que esteja boa, a superfície não se encontrar demasiado desnivelada e não existirem demasiados buracos.
O afagamento origina bastante poeira e barulho, pelo que deve avisar os vizinhos. Se já poliu as tábuas em bom estado, mas acha que estão sem graça ou escuras, pense bem antes de executar qualquer afagamento drástico. Limpar e voltar a encerar torná-las-á mais claras e brilhantes. Os soalhos de tacos de madeira maciça devem ser tratados por um profissional.

Se a sua casa for nova ou recentemente remodelada, pode vir a descobrir que a madeira por baixo do revestimento do soalho foi deixada no seu estado original, sem qualquer acabamento. As tábuas de soalho antigas que estiverem muito sujas ou com várias camadas de tinta ou verniz terão de ser bem afagadas, para conseguir obter um acabamento homogéneo.
As tábuas danificadas devem ser substituídas. Ser você ou não a fazê-lo depende do número de tábuas, do seu posicionamento e tamanho. Os espaços demasiado abertos entre tábuas são, em termos de estética, uma dor de cabeça tão grande quanto qualquer um dos outros problemas já focados. Se todos os espaços forem demasiado abertos, o melhor será voltar a tapá-los ou pedir a um profissional que as volte a assentar.

Furos e montinhos de serradura que o caruncho está vivo e ativo, pelo que as tábuas e as vigas devem ser pulverizadas. Peça a uma empresa idónea que execute este trabalho desagradável, ela dar-lhe-á uma garantia válida durante vários anos, que lhe servirá de prova de que o tratamento foi feito no caso de querer vender a casa um dia mais tarde.

Afagar um soalho de madeira

Prenda qualquer madeira visivelmente solta e utilize um punção para enterrar as cabeças dos pregos; qualquer prego saliente danificará a cinta da lixadeira. Retire todas as peças de mobiliário, cortinas, etc, e abra todas as janelas. Tape as fendas em redor da porta com fita e por baixo da mesma coloque jornal enrolado. Pendurar um lençol molhado no lado oposto da porta também ajudará a evitar que a poeira se espalhe.

Opte por alugar uma máquina de afagar para a área principal e uma lixadeira eléctrica para as partes laterais e cantos. A casa onde as alugar dar-lhe-á as indicações necessárias para operar com a máquina, incluindo o modo como deve substituir a cinta.
É fundamental que saiba também que a máquina não se porta exactamente como está à espera que ela o faça. Ela irá avançando pela divisão sem que seja necessária uma grande ajuda e terá de ser travada de modo a garantir que o avanço será lento e preciso. Não a solte, senão ela desata a fugir. Levante os tambores do chão quando a ligar e baixe-os lentamente para que comece a afagar. Uma vez ligada, é fundamental que não pare: deixar que fique parada num ponto, seja qual for o intervalo de tempo, resultará num macio mas indesejado buraco no chão.

Terá de usar uma máscara, óculos de protecção e tampões nos ouvidos quando estiver a afagar. Serão necessárias várias passagens, começando com uma lixa de grão espesso para nivelar a madeira do soalho. Nesta primeira passagem, movimente-se na diagonal ao longo de toda a divisão, inclinando a máquina para mudar de direção e sobrepondo cada passagem, para garantir que a totalidade da superfície é trabalhada. Quando tiver afagado todo o soalho desligue-a, varra a poeira e torne a ligá-la, desta vez afagando na diagonal oposta. Quando o soalho estiver plano, mude para uma lixa de grão médio e continue a afagar paralelamente à madeira. Por fim, termine com uma lixa de grão fino para obter uma superfície lisa e sem riscos. Após cada uma das fases repita o processo nas extremidades e cantos, utilizando uma lixadeira eléctrica. Utilize uma raspadeira, um disco de lixar flexível ou palha-de-aço para lixar o rodapé e os cantos. Quando terminar, aspire o soalho e, em seguida, passe um pano embebido em diluente e o soalho está pronto para ser isolado.

Isolar um soalho de madeira

Tenha cuidado, para não manchar ou sujar o seu soalho afagado. A madeira não isolada é porosa e absorvente. Se tiver de caminhar por cima dele, é preferível que calce umas meias limpas do que andar de pés descalços, e não espere muito tempo até aplicar o isolante.
Isolar implica a redução da porosidade da superfície e/ou criação de uma camada que evitará a penetração de sujidade. O que vai usar depende do aspecto que pretende e ainda de considerações práticas, tais como o uso que vai ter e a quantidade de desgaste a que estará sujeito. Existe no mercado a habitual quantidade infinita de produtos, com novas versões a surgirem constantemente. Os isolantes dividem-se em vernizes (que oferecem uma camada de protecção dura) e óleos (que penetram na madeira e geralmente são acabados com uma aplicação de cera). O verniz pode ser aplicado directamente sobre madeira nova ou recentemente isolada e, dependendo do produto, necessitará de duas ou mais camadas para obter uma superfície sólida e durável. Escolha entre um Isolante brilhante ou matizado. Encerar por cima de qualquer destes produtos resultará num acabamento brilhante e aveludado que, com uma aplicação diligente, ficará perfeito.
Para madeira mais imperfeita, um isolamento mais escuro disfarçará uma série de imperfeições. Evite utilizar um corante para madeira, pois é difícil conseguir um Isolamento homogéneo. Em vez disso, use um verniz colorido para madeira.
Se as suas tábuas de soalho não estiverem em boas condições pode sempre pintá-las. Para um aspecto moderno, escolha uma tinta brilhante branca ou cinzenta. Aplicar primeiro um primário e uma subcapa assegura um acabamento mais macio e compacto. Um efeito mais suave pode ser obtido pintando o soalho com uma tinta de emulsão à base de água e acrescentando depois uma camada de verniz transparente.


Adicionar Comentário