Como fazer uniões a meia-esquadria

A união a meia-esquadria consiste em reunir duas peças de maneira a formar um ângulo reto. A execução de um corte oblíquo (a 45°) na extremidade de cada uma das peças deve ser bem precisa para que a união seja perfeita.

Meia-esquadria

É um corte oblíquo efetuado na extremidade de uma peça segundo um ângulo de 45°. Para a execução desse corte utiliza-se uma caixa de meia-esquadria, tradicionalmente empregada nos trabalhos de carpintaria, uma guia de corte regulável, facilmente encontrada nas casas especializadas em ferramentas deste tipo.

União a meia-esquadria

Usada principalmente para a construção de molduras, a união a meia-esquadria consiste na reunião de duas peças de madeira em ângulo reto. É uma operação que pode parecer simples, mas que é extremamente delicada, exigindo que os cortes fiquem exatamente casados.
As extremidades das duas peças são, por isso, cortadas a meia esquadria para formar um ângulo reto quando reunidas. Trata-se de uma união bastante estética, o que justifica seu emprego principalmente no emolduramento, mas muito frágil para outras aplicações.
Por esta razão, torna-se necessário que essa união seja reforçada por pregos. Para assegurar a solidez da união, há um outro procedimento que consiste em introduzir cavilhas (pinos) nos dois cortes em contato, furados para colocá-las.

União a meia-esquadria reforçada

Em termos profissionais, uma lingueta é um elemento independente das peças que serão unidas e que é colocada dentro das duas peças no momento da união, mas que fica invisível nas operações seguintes. É um reforço discreto, mas eficiente..
Na verdade, as duas peças cortadas a meia-esquadria são unidas de costas para que se possa executar em cada um dos cortes um entalhe igual, no qual o fundo deve estar perpendicular à inclinação do corte.
A facilidade deve-se ao fato de que o entalhe é aberto nas duas faces, enquanto na união por falso talão ele é feito no próprio corpo da peça. Um simples serrote comum e um for-mão são suficientes para fazer o entalhe.
A lingueta, ou peça de reforço, é cortada em formato quadrado, sendo que um dos lados corresponde ao fundo dos entalhes quando as peças estiverem unidas.
Depois de passada a cola, coloque a lingueta no devido lugar e termine de fixá-la nos entalhes com a ajuda de pregos. Para encerrar, serre os lados da lingueta que estão sobrando, acertando-os com os cantos das peças unidas.


Adicionar Comentário