Como fazer tecelagem

A tecelagem consiste essencialmente no entrelaçamento dos fios da teia e da trama; todos os fios da teia são paralelos entre si, e todos os fios da trama são perpendiculares aos primeiros. Os fios da teia são verticais, e os da trama, horizontais.
Para o processo de tecer, são necessários uma naveta para transportar o fio da trama, fio apropriado e uma régua fina (régua de cruzamento) para abrir os fios da teia.
O tear mais simples é constituído por uma armação de madeira com fiadas de pregos nos dois topos. Comece por enrolar o fio da teia no primeiro prego à esquerda no topo superior da armação, desça com o fio e passe em volta do primeiro prego do topo inferior, suba com o fio e passe em volta do segundo prego do topo superior, e assim sucessivamente.
O fio da trama é, em geral, enrolado numa naveta que é passada de um lado para o outro por entre os fios da teia. O espaço para a passagem da naveta consegue-se com o auxílio da régua de cruzamento, que se coloca na posição devida introduzindo-a por cima de um fio da teia, por baixo do seguinte, e assim sucessivamente.
Há muitas variedades de tecelagem, mas só a mais simples ou a tapeçaria podem ser feitas num tear deste tipo. Na tecelagem simples, o fio da teia e o da trama são da mesma espessura: na tapeçaria, o fio da trama é mais grosso, de modo que, na obra acabada, a teia fica escondida e só a trama fica visível.
Pode utilizar praticamente qualquer fio. Experimente fios da trama com diversas espessuras e texturas; no entanto, o fio da teia deve ser forte e macio.

Como fazer uma almofada:
Para fazer uma almofada de 36 cm de lado, construa uma armação própria. Corte duas réguas de madeira macia de 5 x 2,5 cm e de 38 cm de comprimento e outras duas de 51 cm, certificando-se de que os topos formam ângulo recto.
Pregue nas réguas mais curtas pequenos pregos de 2 cm de comprimento, deixando 1 cm de intervalo entre eles. Introduza-os ligeiramente inclinados e de modo que dois terços do seu comprimento fiquem salientes.
Coloque as réguas mais curtas perpendicularmente às mais compridas e com os pregos inclinados para fora. Pregue sobrepondo as réguas, como se vê na gravura.
Além da armação, precisará de uma régua de cruzamento de 40 cm de comprimento, de uma naveta, cerca de 60 m de fio para a teia e 250 g de fio para a trama. Como se disse, o fio da teia deverá ser forte mas macio. Para o fio da trama, utilize lã, mohair. tiras de tecido, etc. Para um trabalho em que sejam igualmente visíveis a teia e a trama, utilize fios de espessura igual.
Comece por enrolar o fio da teia na armação (v, atrás e gravura). Enrole o fio da trama em volta da naveta, deixando uma ponta solta de cerca de 40 cm. Introduza a régua de cruzamento da direita para a esquerda e por baixo de fios alternados da teia; coloque-a de cutelo para levantar os fios, como se vê na gravura.
Faça deslizar a naveta da esquerda para a direita no espaço criado pela régua e que tem o nome de passo.
Deixe uma ponta de 5 cm na beira em que começou. Não estique o fio da trama para evitar repuxar os lados.
Depois de passar a naveta, deite a régua de cruzamento e puxe-a para si de encontro ao fio da trama para que fique direito e na posição devida. Empurre a régua para trás, mantendo-a deitada. Passe agora a naveta da direita para a esquerda, introduzindo-a por cima dos fios que, na passagem anterior, ficaram por baixo. Em seguida, entreteça na teia a ponta que deixou caída.
Continue da mesma forma até ter 1,5 cm (esta porção designa-se por cabeça). Pode agora utilizar outras cores e texturas na trama. Sempre que mudar de fio no início de uma fila, deixe uma ponta de fio, nas filas seguintes, entreteça as pontas.
Quando o trabalho já tiver 36 cm, faça uma nova cabeça, utilizando o mesmo fio da primeira cabeça. Se nesta altura o passo estiver muito apertado, em vez da naveta utilize uma agulha de passajar comprida para fazer as duas últimas filas. Corte a teia junto dos pregos.
Para as costas da almofada, teça uma segunda peça ou utilize 0,5 m de tecido — V. ALMOFADAS.


Adicionar Comentário