Como fazer degraus de concreto

Desde que se coloque uma porta em uma parede, ou desde que se modifique o nível do solo em um cômodo, pode tornar-se necessária a construção de alguns degraus para facilitar o acesso. Impossível de fazê-los em madeira devido às intempéries, recorremos ao concreto.

Ferramentas

  • Compensado (15 mm de espessura)
  • Cavilhas pequenas Nível de bolha Metro
  • Lápis de carpinteiro
  • Serrote
  • Esquadro
  • Colher
  • Desempenadeira Ferro de vincar Esponja Torquês

Colocação de concreto no molde

Este princípio baseia-se no mesmo princípio da moldagem. Em se tratando de colocação do concreto no molde (aqui degraus), é necessário retê-lo durante todo o tempo em que ele está meio mole. Essa colocação é feita dentro de um molde que, na maioria dos casos, é composto de tábuas ou peças de compensado.

Princípio da moldagem

A moldagem é feita geralmente com madeira, tábuas de pinho, ou compensado. Note que a regularidade da superfície do molde determina a regularidade dos degraus após retirar-se o molde: escolha, por exemplo, tábuas bem certas, regulares (evite os nós), e aplainadas ao menos em uma das faces.
Os moldes não devem permitir vazamentos, senão o concreto, ainda mole, escoará pelas junções. O ideal é que as tábuas sejam aparelhadas na parte mais estreita, isto é, nas faces onde elas vão se unir.
A espessura da madeira deve ser proporcional ao peso que ela sofrerá no momento da colocação do concreto no molde. De modo geral use 27 mm para as tábuas e 15 mm para o compensado, este devendo ser resistente à umidade.

Moldagem dos degraus

Existem dois casos diferentes para a colocação do concreto no molde dos degraus: degraus alinhados com a parede; degraus saindo da parede. No primeiro caso, o molde se limita a duas tábuas colocadas entre as paredes e, no segundo, o molde é dotado de flancos.
Para a lateral do molde use compensado de 15 mm e para fixá-lo pregue uma ripa na parede com uma cavilha pequena.

Trace o local desejado dos degraus. O molde vertical será constituído de tábuas de 27 mm, fazendo a junção com ripas pregadas na tábua de compensado ou fixadas na parede por pequenas cavilhas, no caso de alinhamento.

Molhamento do molde

Não raro acontece de ignorarmos que é a água que faz endurecer o concreto ou a argamassa, e não sua evaporação.
Isso provém do fato de que o cimento ou a cal é um ligante hídrico que tem a propriedade de endurecer ao entrar em contato com a água,
É importante molhar bem um molde antes da colocação do concreto, a fim de evitar que a madeira seca não venha chupar parte da água do concreto.

Colocação do concreto

O concreto deve ser preparado de maneira mais ou menos mole a fim de espalhar-se bem no molde. Para facilitar seu acomodamento dentro do molde, remexa-o com a pá ou com a colher dando umas batidas paralelas (dizemos “cortar” o concreto).
A fim de evitar a formação de vazios no concreto e assegurar-lhe a acomodação é preciso vibrar o concreto, operação que consiste em bater com o martelo as tábuas do molde.
Terminada esta operação, a água tende a subir para a superfície. É o momento de igualar essa superfície usando uma colher. Esta operação constitui a primeira fase do alisamento que será feito, em seguida, com o uso da desempenadeira.
Nesse estágio, deixe o concreto tomar uma certa consistência para dar-lhe o devido acabamento.
A secagem do concreto exige algumas precauções: proteja-o dos ventos, do sol e da chuva. Os dois primeiros podem causar uma evaporação muito rápida da água, que provoca rachaduras, e a chuva estragará as proporções dos diferentes componentes.

Desmoldagem

A desmoldagem é feita em princípio sem problemas, sobretudo se se tiver juntado as tábuas com óleo. O molde será desmontado ainda com mais facilidade se, quando da feitura dele, os pregos não tenham sido aprofundados por completo, daí podendo ser arrancados com o auxílio de uma torquês.
É sempre preferível desmontar o molde antes do concreto secar completamente a fim de evitar que ele grude nas tábuas, mas deve-se escolher o momento oportuno de retirar as tábuas sem que o concreto venha desabar. Os pedreiros amadores devem optar pelo primeiro risco…

Acabamento

Se as partes laterais moldadas têm superfícies regulares, isso não acontece com as partes superiores dos degraus, que devem ser alisadas.

Toques finais

Para se ter uma superfície perfeitamente lisa, não é suficiente apenas alisar o concreto, deve-se, acima de tudo, fazer uma massa de areia
peneirada, adicionando-se cimento, que melhor presta para o acabamento do concreto. Essa massa deve ter mais ou menos 1 cm de espessura e será distribuída com a colher.
Para maior comodidade, quando da colocação do concreto no molde, coloque-o 1 cm abaixo da borda superior das tábuas a fim de reservar esse espaço para o acabamento.
Essa massa deve ser aplicada sobre o concreto ainda úmido, para que os dois se liguem bem, senão ela pode desligar do concreto depois de seca.
O alisamento se faz com uma desempenadeira espalhando-se a massa da esquerda para a direita, tendo o cuidado para não marcar a parte vertical do degrau superior com o canto da desempenadeira. Esse é um primeiro alisamento; para terminá-lo com perfeição, faça um segundo alisamento com a colher.

Quina do degrau

Com essa quina o degrau ficará com um ângulo acentuado que se quebrará com facilidade assim que a escada for usada.
Daí a necessidade de arredondá-la, usando um ferro de vincar.
Antes da desmoldagem, trace a quina com uma colher e tire a massa excedente.
Usando a parte superior da tábua como guia, movimente o ferro de vincar vagarosamente, se possível de uma só vez.
Se depois da desmoldagem a parte vertical do degrau apresentar irregularidade, acerte-a com a colher, usando pouca massa.
O acabamento próximo da quina será feito com a extremidade de uma colher língua-de-gato. O alisamento final é feito com uma esponja levemente úmida.

Notas:
■ Para proteger o concreto durante a secagem, cubra-o com palha ou areia, pois esses materiais permanecem úmidos por vários dias.
■ Desmoldagem e secagem são coisas diferentes: a secagem exige um tempo variável (até algumas semanas), dependendo da espessura do concreto.


5 comentários

  1. Alberto Oliveira 20 de Outubro de 2012
  2. Irineu Jose 15 de Novembro de 2012
  3. Domingues Sávio de Campos 11 de Novembro de 2013
  4. Josenilton Silva 28 de Fevereiro de 2014
  5. Gustavo Garcia Bacellar 28 de Fevereiro de 2014

Adicionar Comentário