Como fazer a manutenção e substituição de um limpa-pára-brisas

Os limpa-pára-brisas fazem parte dos acessórios exigidos por lei para os automóveis. Existem em diversos modelos com diferentes formas de fixação, mas todos são constituídos por um braço, ou haste, que se adapta ao eixo do motor que o acciona, um suporte flexível, ou lâmina, preso ao braço por um grampo e a palheta, vulgarmente designada por borracha, ou escova, que desliza sobre o pára-brisas.

Substituição das borrachas

Quando precisar de substituir as borrachas do limpa-pára-brisas do seu automóvel, terá de adquirir umas que sejam do mesmo modelo. Observe cuidadosamente o sistema de fixação ao retirar as borrachas danificadas para poder colocar as novas correctamente.

Substituição dos braços

O sistema de fixação dos braços ao eixo do motor que os acciona difere também, consoante as marcas dos automóveis. Assim, é aconselhável adquirir peças de origem para que os braços funcionem devidamente.

Manutenção e ajustamento

Sempre que lavar o seu automóvel, observe as borrachas para ver se estão fendidas ou as beiras se apresentam finas e onduladas. Se a borracha patinar sobre a água, substitua o braço. Se tremer, é porque o braço está mal preso ou desalinhado. Aperte as porcas do eixo e veja se as cavilhas da articulação estão gastas — se estiverem, substitua o braço. Para ajustar o braço novo, deve fazê-lo com as borrachas colocadas para poder verificar se o braço está no ângulo correcto em relação ao vidro do limpa-pára-brisas e se assenta bem na posição de parado. Se precisar de rectificar a posição dos braços, ligue o limpa-pára-brisas e desligue a ignição quando os braços estiverem na vertical. Retire a borracha e torça o braço cuidadosamente com um alicate, de modo que, vista de topo, a parte plana do braço fique paralela ao vidro.

escovas_limpa_para_brisas


Adicionar Comentário