Organização dos seu Ebook

Embora possa parecer que você esteve a fazer um monte de trabalho para nada, com todas as anotações e pesquisas, na verdade você esteve a criar as fundações para o seu produto.

Sem umas fundações bem construídas nunca seria possível ver um trabalho com sucesso. Não é?

Este capítulo irá concentrar-se em por alguma estrutura no trabalho que você já tenha concluído. Estaremos criando o grande plano que vai definir o seu eBook e tornar o processo mais fácil de escrever … um roteiro que conduz ao seu sucesso. Entusiasmante não é?

Pare por um momento para ver algumas imagens que você tenha na sua mente quando você pensa ao ter o seu eBook concluído.

Você pode ver uma imagem do produto acabado, como aqueles sites com capas de eBook com uma aparência profissional?

Uma das coisas que você precisa de pensar, e fazer, é um esboço do layout do seu eBook. Pense como projetar a sua estrutura de capítulos. Todos os eBooks bem sucedidos têm uma maneira simples e lógica de organização.

Esta organização inclui seções muito claras e concisas das informações que fluem do início ao fim do seu eBook. Essas secções se tornarão nos seus cabeçalhos de capítulo.

Quando você escreve o seu título favorito no topo de uma página, dá-lhe uma âncora mental e forte sobre os passos que virão … e algo de concreto para escrever ao redor.

Está a pensar sobre o tema, como é que você quer apresentá-lo aos seus leitores? Você tem várias opções e todas elas têm os seus benefícios.

Uma forma é escolher uma lista de factos básicos ou declarações fortes do seu conteúdo ou da lista de notas. Se você ainda não tem um monte de anotações e de conteúdo, liste apenas os 5 ou 6 ou 10 principais pontos que você gostaria de cobrir no seu eBook.

Cada declaração ou ponto importante tem que ser revisto para atrair os seus leitores e fazê-los querer ler o capítulo.

Qual dos seguintes você acha que fazem a leitura mais interessante?

“Como Fazer Bolos De chocolate”

ou

  “Rápidos Bolos De Chocolate Para Encantar Os Seus Miúdos.”

Você planeia este tipo de título nos capítulos e assim cria pontos que são interessantes, intrigantes ou emocionantes. Você pode usar uma leve distorção em frases comuns, com um pouco de humor ou alguma declaração “dramática”, como “Como eu recuperei a minha reputação depois de fazer os piores bolos de sempre?”.

Está a ver o que eu quero dizer?

Outra técnica, e muitas vezes uma forma muito eficaz, é usar perguntas nos títulos dos capítulos. Depois, você pode preencher o capítulo com respostas ou soluções para o dilema da questão.

Esta é uma técnica simples que permite criar alguns capítulos poderosos, cheios de grande conteúdo para os seus leitores.

Exemplo: “As Formigas Estão a Fugir Do Seu Lar?” Conteúdo do capítulo: Discussão sobre porque as formigas estão na sua casa, de onde vieram, as formas naturais e químicas para se livrar delas, as estratégias para mantê-las à distância e assim por diante .

Aqui vai uma dica psicológica para manter em mente quando você está a criar os títulos dos seus capítulos: Está a ver o título: “As Formigas Estão a Fugir Do Seu Lar?

Há razões específicas ter escolhido duas palavras emocionais. “Fugir” insinua esconder, escapar do perigo, e “Lar” é o lugar onde o coração está, por assim dizer. “Lar” é uma palavra que está altamente carregada de segurança, carinho, família, etc “Lar” é totalmente emocional, enquanto “Casa” não é.

O título do capítulo não teria o mesmo impacto como este afirmando: “As formigas são um incômodo na sua casa?” Ou “Você tem formigas em casa?” Está a ver a diferença?

Você não gostaria que tivesse prestado mais atenção na escola quando os seus professores estavam a tentar fazer com que você se concentra-se, e empurrando você para escrever os objectivos e relatórios?


Adicionar Comentário