Como rebocar um barco

O casco de um barco é concebido para navegar sobre a água. Ao rebocar o seu barco sobre estradas em mau estado, arrisca-se a danificá-lo se os apoios do atrelado não estiverem bem adaptados e colocados.

Antes de rebocar um barco, verifique o seu peso total, incluindo o equipamento e, eventualmente, o motor. Verifique também as possibilidades de reboque do seu automóvel. Os livros de instruções mencionam essas características, as quais diferem consoante o atrelado esteja equipado com sistema de travões ou não.

O equilíbrio do atrelado é muito importante, devendo 5 a 10% do seu peso total ficar apoiados sobre a bola de reboque do automóvel. No entanto, deve ler o cuidado de não pôr um peso excessivo na parte da frente do atrelado, o que faria levantar a frente do automóvel, tornando a condução imprecisa e perigosa e elevando a luz dos faróis, o que pode provocar o encandeamento dos outros condutores. Por outro lado, um peso excessivo na parte de trás do atrelado provocaria a perda de aderência das rodas traseiras do automóvel.

Manutenção do atrelado

Dado que as rodas do atrelado são de pequeno diâmetro, a sua rotação é acelerada e o seu aquecimento mais rápido. Não deixe, pois, de verificar sempre a pressão dos pneus. Se utilizar o atrelado numa rampa para pôr o barco na água, deve em seguida lavá-lo abundantemente com água doce e lubrificar os rolamentos, se necessário.


Adicionar Comentário