Plantas medicinais: propriedades medicinais do morangueiro

Os morangos são frutos reconhecidos pelas suas propriedades medicinais, embora estas não sejam tão bem conhecidas como acontece com outro tipo de plantas medicinais. Contudo, diversas partes do morangueiro são já utilizadas há muito tempo e com diversos usos, quer seja para remédios naturais ou até nas muito aclamadas medicinas tradicionais.

Por isso, para além de apetitosos, os morangos são muito benéficos para a nossa saúde. Entre as propriedades mais conhecidas podemos destacar as laxativas, depurativas, tonificantes e emolientes.

Vamos então ficar a conhecer um pouco mais acerca dos morangos e as diversas aplicações que podem ter a nível externo e interno.

 

 

Caraterísticas

Os morangos são muito ricos em água e são constituídos por um baixo nível de hidratos de carbono. São também ricos em sais minerais, incluindo o potássio (responsável pela transmissão de impulsos nervosos e pelo funcionamento dos músculos) e em ácido fólico (tem um papel fundamental na produção de glóbulos vermelhos e brancos, na síntese de anticorpos e recomendado em grávidas).

A vitamina C  presente nos morangos evita a fragilidade dos ossos e a má formação dos dentes, além de prevenir contra gripes e resfriados. Na sua constituição encontramos também  vitamina B5 ou niacina (evita problemas dermatológicos, gástricos e a nível do sistema nervoso) e ferro (previne anemias), vitaminas A e B, pigmentos, enzimas e ácidos orgânicos que são importantes para a saúde.

Contudo, devem ser tidos em conta alguns cuidados para garantir a correta higienização dos morangos. Sendo um fruto rasteiro, é recomendada alguma atenção na hora da sua lavagem, de forma a evitar impurezas e organismos nocivos para a nossa saúde. Por outro lado, por ser um fruto bastante sensível, também não pode ser conservado durante muito tempo, pois começa a perder as suas propriedades benéficas.

Aplicações

Uso interno

Pode tirar partido dos benefícios dos morangos através de uma simples infusão.

Para fazer a infusão vai precisar de colocar 50g de folhas num litro de água a ferver. De seguida deixe repousar durante cerca de 10 minutos. Aconselhamos que tome a infusão 4 vezes ao dia.

Uso externo

Feridas externas, como pele gretada por exemplo, podem ser aliviadas através das propriedades medicinais dos morangos. A sua aplicação pode ser feita em compressas, embebidas numa infusão mais concentrada que a recomendada para uso interno.

Molhe as compressas de algodão na infusão  e aplique-as nas zonas de pele afetadas. Estas compressas vão ajudar a acelerar o processo de cicatrização.


One Response

  1. Fernando Coelho Vieira 23 de Julho de 2013

Adicionar Comentário