Plantas medicinais – cebola

A cebola é muito utilizada na culinária e considerada a base de todos os temperos, mas a sua utilização não se limita unicamente a esse fim. É um alimento com diversas propriedades medicinais, tanto na versão crua como depois de cozinhado.

Pertence à família das “liliáceas”, subfamília das “alioídeas”, e tem por nome científico “allium cepa”. Proveniente da Ásia Ocidental, a cebola é também muito comum na Europa e América. Esculpida em ouro, simbolizava a eternidade. Chegou a ser encontrada em múmias e representada em belas pinturas nas paredes internas das pirâmides.

Contudo, o que muitas pessoas ainda não reconhecem são as suas propriedades medicinais. A cebola, assim como o alho, o agrião, e outros vegetais que  a natureza nos oferece, são os melhores purificadores do sangue, eliminando toxinas e sendo usada como planta medicinal para tratar diversas doenças e maleitas.

Entre as principais propriedades medicinais da cebola podemos destacar:

  •  A sua ação depurativa.
  • Alto poder desinfetante anti-inflamatório e bactericida.
  • A cebola crua tem ação antibiótica e mucolatíca
  • Facilita a expulsão da expectoração e combate infeções respiratórias.

Já se comprovou também que o consumo regular de cebolas ajuda a reduzir níveis elevados de colesterol e da pressão arterial, o que ajuda a prevenir a arteriosclerose e outras doenças cardíacas, reduzindo assim o risco de ataque cardíaco ou enfarte. A cebola crua protege-nos dos efeitos nocivos dos alimentos sobre o sangue, dado que contem uma substância que evita a coagulação do sangue e que aumenta a velocidade da dissolução de coágulos. Aconselhamos a ingestão de cebola assada às rodelas com sumo de limão, para ajudar a prevenir o enfarte do miocárdio.

A cebola tem também diversos benefícios a nível do sistema gastrointestinal. Melhora o seu funcionamento e reduz o risco de aparecimento e desenvolvimento do cancro do cólon, um dos mais mortíferos. Os seus benefícios estendem-se também aos ossos, uma vez que contém um composto que inibe a atividade de elementos nocivos que podem levar à osteoporose.

Tratamentos naturais com cebola

Uso interno

Xarope de cebola (ideal para aliviar a tosse e afecções respiratórias, como é o caso de catarro, sinusite, laringite, bronquite e asma brônquica).

Como fazer o xarope:

  • Corte a cebola às rodelas. Coza as rodelas de cebola numa panela com um pouco de água e bastante mel (em alternativa pode usar açúcar escuro). Deve formar uma pasta homogénea e tomar-se às colheradas.

Cebola crua

A sua ingestão pode ser feita crua ao natural (se conseguir tolerar bem o sabor) ou então pode optar por ralar a cebola e adicionar um pouco de azeite e limão (sabor fica mais tolerável).

Cebola cozida ou assada

O seu consumo é aconselhado para estômagos mais sensíveis. Como já foi cozinhada o seu sabor é tolerável, mas também perdeu o seu poder antibiótico. Ainda assim, tem imensos benefícios, pelo que aconselhamos o seu consumo.

Para combater constipações

  • Esprema 1 cebola. Junte ao sumo 2 colheres de mel, sumo de limão e 1 chávena de água quente. Misture bem e tome várias vezes ao longo do dia para ver melhores resultados.

One Response

  1. Victor Semedo 29 de Novembro de 2012

Adicionar Comentário