Folicil Ácido fólico caracteristicas medicamentos

RESUMO DAS CARATERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

1. DENOMINAÇÃO DO MEDICAMENTO

FOLICIL, 5 mg, comprimido.

2.COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA

Cada comprimido contém Ácido fólico 5 mg
Excipiente(s): Lactose
Lista completa de excipientes, ver secção 6.1.

3. FORMA FARMACÊUTICA

Comprimido.
Comprimidos amarelos ranhurados, circulares e biconvexos, com a gravação ?Bial? de um lado e
?FO? no outro.
Os comprimidos podem ser divididos em metades iguais.

4. INFORMAÇÕES CLÍNICAS

4.1.Indicações Terapêuticas

FOLICIL é usado no tratamento ou prevenção da deficiência em ácido fólico, especialmente nagravidez, aleitamento e períodos de rápido crescimento.
O tratamento com ácido fólico está também indicado na prevenção das malformações do tuboneural (espinha bífida, meningocelo, anencefalia) especialmente em mulheres com história préviade filho (ou feto) com estas malformações.
Tendo em conta que a administração prolongada de barbitúricos, anticonvulsivantes ,antimaláricos, laxantes,contraceptivos orais e alguns agentes quimioterápicos podem causardeficiência iatrogénica de folatos, recomenda-se a administração de FOLICIL nestas situações.

4.2.Posologia e modo de administração

A posologia e a duração do tratamento devem ser estabelecidas pelo médico.
Adultos: ½ a 1 comprimido, uma ou duas vezes por dia, de acordo com a situação clínica.
Prevenção das malformações do tubo neural: ½ comprimido por dia, um mês antes da concepçãoe durante o primeiro trimestre da gravidez.
Crianças: Metade da dose do adulto.
Os comprimidos devem ser tomados com um pouco de água, às refeições e fora delas.

4.3.Contra-indicações

Hipersensibilidade ao ácido fólico ou a qualquer dos excipientes.

4.4. Advertências e precauções especiais de utilização

O ácido fólico não deve ser administrado no caso de anemia de etiologia desconhecida, visto quepode mascarar uma anemia perniciosa.

FOLICIL contém lactose. Doentes com problemas hereditários raros de intolerância à galactose,deficiência de lactase de Lapp ou má absorção de glucose-galactose não devem tomar estemedicamento.

4.5. Interacções medicamentosas e outras formas de interacção

CLORANFENICOL: A administração concomitante de ácido fólico e cloranfenicol em doentescom carência em folatos pode dar origem a uma resposta hematopoiética antagónica ao ácidofólico.
FENITOÍNA: Em doentes epilépticos a fazer tratamento com fenitoína, os medicamentoscontendo ácido fólico podem aumentar o metabolismo da fenitoína, reduzir as suas concentraçõesséricas e aumentar a frequência das convulsões.

4.6. Gravidez e aleitamento

O ácido fólico pode ser utilizado com segurança na gravidez e aleitamento. A carência em ácidofólico pode ocorrer nestas situações pelo que se recomenda o uso profiláctico com FOLICIL.

4.7. Efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas

O ácido fólico não interfere na capacidade de condução e utilização de máquinas.

4.8. Efeitos indesejáveis

Muito frequentes (>1/10); Frequentes (>1/100, <1/10); Pouco frequentes (>1/1,000, <1/100);
Raros (>1/10,000, <1/1,000); Muito raros (<1/10,000), incluindo relatos isolados.
Doenças do sistema imunitário: Raros- Reacções de hipersensibilidade, que se manifestam poreritema, febre, prurido ou broncospasmo.

4.9. Sobredosagem

Não foram observados casos de sobredosagem. Quando são administradas doses elevadas o ácidofólico é eliminado na urina.

5. PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS

5.1. Propriedades farmacodinâmicas

Código ATC: B03B B01 ? Ácido fólico
O ácido fólico é um importante coenzima para o metabolismo celular. Após a sua absorção pelotubo digestivo, o ácido fólico é rapidamente reduzido, dando origem a formas activas queparticipam em várias reacções metabólicas essenciais à vida, tais como a síntese das purinas, asíntese dos nucleotídeos pirimidínicos e interconversão dos aminoácidos (serina em glicina,histidina em ácido glutâmico, homocisteína em metionina).

5.2. Propriedades farmacocinéticas

Após administração oral, o ácido fólico é rapidamente absorvido pelo tracto gastro-intestinal,principalmente na parte proximal do intestino delgado. Os poliglutamatos, formas naturais defolatos, são hidrolizados enzimaticamente no tracto gastro-intestinal para a forma de

monoglutamatos de ácido fólico, antes da sua absorção. A mucosa do duodeno e da parte superiordo jejuno é rica em di-hidrofolato reductase, capaz de realizar a metilação dos folatos reduzidosque são absorvidos. Após a administração oral, o pico plasmático máximo é alcançado entre 30 e
60 minutos. A concentração plasmática normal de folatos varia de 0,005-0,015 mcg/ml.
Geralmente, as concentrações plasmáticas inferiores a 0,005 mcg/ml indicam carência em folatose concentrações inferiores a 0,002 mcg/ml originam anemia megaloblástica.
O ácido tetra-hidrofólico e seus derivados são distribuídos a todos os tecidos do organismo; ofígado contém cerca da metade do total das reservas de folatos. Os folatos concentram-seactivamente no LCR, com concentrações normais de aproximadamente 0,016-0,021 mcg/ml. O
ácido fólico é uma vitamina hidrossolúvel do complexo B, eliminado pela via renal, não seobservando acumulação no organismo. Após a administração oral de uma dose única de 0,1 a 0,2mg de ácido fólico a adultos saudáveis, apenas aparecem na urina traços de ácido fólico. Quandose ultrapassa a reabsorção tubular renal máxima, após administração oral de doses superiores àsnecessidades diárias, o excesso de folatos é eliminado intacto na urina.
Diariamente perdem-se cerca de 0,05 mg das reservas normais de folatos no organismo medianteexcreção urinária e fecal.

5.3.Dados de segurança pré-clínica

Os dados não clínicos não revelam riscos especiais para o ser humano, segundo estudosconvencionais de farmacologia de segurança, toxicidade de dose repetida, genotoxicidade,potencial carcinogénico e toxicidade reprodutiva.

6. INFORMAÇÕES FARMACÊUTICAS

6.1.Lista de excipientes

Ludipress [Lactose mono-hidratada, povidona (Kollidon K30), crospovidona (Kollidon CL)] eestearato de magnésio.

6.2. Incompatibilidades

Não aplicável.

6.3. Prazo de validade

3 anos.

6.4. Precauções especiais de conservação

Não conservar acima de 25ºC. Conservar na embalagem de origem.

6.5. Natureza e conteúdo do recipiente

Blisters de PVC e alumínio com 10 comprimidos. Cada caixa contém 2, 5 ou 6 blisters.

6.6. Precauções especiais de eliminação e manuseamento

Não existem requisitos especiais.

 

7. TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

Bialport ? Produtos Farmacêuticos, S.A.
À Av. da Siderurgia Nacional
4745-457 S.Mamede do Coronado – Portugal

8. NÚMERO(S) DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

Embalagem de 20 comprimidos ? 4257895
Embalagem de 50 comprimidos ? 4257994
Embalagem de 60 comprimidos ? 5790597

9.DATA DA PRIMEIRA AUTORIZAÇÃO/RENOVAÇÃO DA AUTORIZAÇÃO DE
INTRODUÇÃO NO MERCADO

Data da primeira autorização – Março 1950

10. DATA DA REVISÃO DO TEXTO

Dezembro de 2006


Adicionar Comentário