Febre, como ver a temperatura e tratar de um doente com febre

A temperatura normal da maioria das pessoas é 37°C, mas há quem tenha normalmente uma temperatura 0,5°C mais elevada ou mais baixa do que essa. A temperatura de uma criança pode elevar-se até aos 40°C no princípio de uma doença relativamente benigna. Nos adultos, a temperatura geralmente não sobe tanto, embora a doença possa ser mais grave. Nos indivíduos idosos, mesmo infecções graves podem não provocar febre devido à sua reduzida capacidade de combater infecções.

Uma temperatura superior à normal, acompanhada de tremores, arrepios e uma sensação de calor, pode igualmente ser a primeira indicação de uma doença mais grave.

Como verificar a temperatura

Existem várias formas de verificar a temperatura. O método mais rápido e imediato consiste em pousar uma das mãos sobre a testa do doente. Se sentir a pele mais quente do que seria de esperar, é provável que exista uma situação febril. Para confirmar e verificar correctamente a temperatura, utilize um dos vários tipos de termómetro à venda nas farmácias — de mercúrio, digital ou banda indicadora. Existem também termómetros descartáveis e chupetas com indicador de febre, adequadas se se tratar de um bebé, e termómetros com uma lente para facilitar a leitura.

Como utilizar um termómetro de mercúrio

Retire o termómetro do estojo, passe-o por água fria e seque-o com um pano enxuto. Segure-o pela extremidade oposta à que contém o reservatório de mercúrio e sacuda-o até o mercúrio descer até aos 35°C. Coloque a extremidade do termómetro correspondente ao reservatório de mercúrio sob a língua do doente, que deverá fechar os lábios, mas não os dentes. Espere dois minutos. Retire o termómetro e registe a temperatura.

No caso de pessoas gravemente doentes, com dificuldades respiratórias, ou crianças, é preferível verificar a temperatura axilar para evitar o risco de o termómetro se partir. Neste caso, o reservatório de mercúrio é colocado sob a axila do doente, cujo braço deve ser cuidadosamente dobrado sob o peito para que o reservatório do termómetro fique bem em contacto com a pele. Espere cinco minutos e registe á temperatura. Se utilizar uma banda indicadora, segure-a durante cerca de 15 segundos em contacto com a testa do paciente.

Como tratar um doente com febre

O paciente deve ficar de cama num quarto mantido a uma temperatura amena. Deve beber muitos líquidos, tais como caldos, sumos de fruta, refrigerantes não gasosos e água, e tomar aspirina, paracetamol ou qualquer outro antipirético inócuo, respeitando as dosagens indicadas no folheto que acompanha a embalagem. Se a temperatura subir acima dos 39°C, molhe o corpo do paciente com uma esponja embebida em água tépida.

Consulte o médico se o doente for um bebé com dores, anormalmente apático ou sonolento, com uma tosse áspera e uma respiração ruidosa, que vomite constantemente ou com diarreia. A febre é um sintoma de uma infecção, mas não é grave em si mesma.

No caso de um adulto, consulte o médico se o paciente apresentar, para além da febre, outros sintomas que indiquem a possibilidade de uma doença grave, como, por exemplo, falta de ar e tosse, que podem ser prenúncio de uma pneumonia. Em crianças com menos de 5 anos, uma elevação súbita de temperatura pode causar convulsões febris.

febre


3 comentários

  1. Bombeiro Celso 6 de Abril de 2012
  2. Matheus Jesus 4 de Outubro de 2012
  3. Liliane Rodriguês 12 de Janeiro de 2016

Adicionar Comentário