Cuidados com a Terapia hormonal de substituição

Os níveis de muitas hormonas diminuem com a idade. Quando estes níveis hormonais descem e surgem sintomas de doença, há uma justificação óbvia para tentar compensar essa carência hormonal. Mas as provas científicas das vantagens da terapia hormonal de substituição (THS) geram controvérsia.

Os níveis de muitas hormonas existentes no corpo humano diminuem com a idade

  • Os níveis das hormonas sexuais femininas, o estrogénio e a progesterona, diminuem durante a menopausa. Os tecidos genitais tornam-se mais finos, aumentando o risco de infecções do tracto urinário, de osteoporose e de doenças cardíacas.
  • As quantidades de hormona do crescimento e de testosterona diminuem, o que pode provocar uma redução dos tecidos magros e um aumento dos tecidos adiposos.
  • O pâncreas torna-se menos eficiente na produção da hormona insulina, o que pode conduzir à diabetes.
  • Os níveis de dehidroepiandrosterona (DHEA), uma hormona produzida pelas glândulas supra-renais e que é a principal precursora das hormonas sexuais, caem a pique.
  • Os níveis de hormonas da tiróide podem diminuir e criar problemas como
    o cansaço, a depressão, a obstipação e a secura da pele e do cabelo.
  • Os níveis de melatonina podem descer, afectando o controlo do ritmos normais do corpo e provocando eventualmente uma deterioração da imunidade.

Realizaram-se muitos estudos de largo espectro, com o objectivo de procurar substituir as hormonas sexuais femininas nas mulheres durante a menopausa; os resultados continuam a ser inconclusivos – ou mesmo contraditórios, em certos casos – quanto à real eficácia da THS e o debate prossegue.

Os resultados de outros tipos de THS também não são claros. Têm-se realizado estudos de âmbito reduzido em idosos saudáveis que tomam a hormona do crescimento, por exemplo, e que revelaram que, embora as injecções possam aumentar a massa muscular e reduzir a gordura do corpo, a verdade é que não aumentam a força: o treino da força é um método muito mais económico e eficaz.
Nem se sabe ao certo se a hormona do crescimento pode ter outras vantagens para os adultos saudáveis, como uma densidade óssea acrescida e um melhor humor. Os efeitos secundários também constituem um problema, portanto tenha cuidado com o que compra.

Recentemente, a investigação científica também pôs em causa os efeitos benéficos dos suplementos de DHEA, demonstrando que embora eles aumentem os níveis hormonais no corpo humano, isto não se traduz em melhorias significativas da saúde ou da qualidade de vida. Também os efeitos positivos dos suplementos de melatonina estão ainda por provar.

Nas mulheres, os níveis de testosterona descem gradualmente com a idade, mas a sua redução é mais substancial após uma histeroctomia ou uma ooforectomia. Encontram-se à venda muitos suplementos sem provas dadas. Actualmente, a THS utiliza-se, sob a forma de uma ou mais hormonas femininas de estrogénio e progesterona, para minimizar os sintomas característicos da menopausa, ou para combater situações agudas severas. Se tiver um problema de saúde, tenha o cuidado de consultar um especialista antes de começar a tomar quaisquer suplementos hormonais.


Adicionar Comentário