Cotovelo de tenista, uma infecção muito comum

Embora seja por vezes causado pela prática de certos desportos, como o ténis e o badminton, o cotovelo de tenista pode também resultar do uso excessivo e não habitual dos músculos do antebraço, que se ligam ao osso do braço precisamente na zona do cotovelo.

Manifesta-se uma fraqueza e dor no antebraço que é agravada pelo exercício. Até certos movimentos, como rodar maçanetas ou dar apertos de mão, podem ser dolorosos. A dor desenvolve-se muitas vezes gradualmente e pode espalhar-se ao longo do braço. Um estado semelhante, conhecido como cotovelo de golfista, causa dor no antebraço e fraqueza no interior do cotovelo, que piora quando se agarra um objecto.

Sem tratamento, o cotovelo de tenista e o de golfista podem levar dois anos a desaparecer. Se pensa que sofre de um ou outro, não utilize o braço e consulte o médico. Ele verificará se a dor provém do cotovelo ou tem outra origem. Pode receitar um anti-inflamatório e um analgésico ou aconselhar fisioterapia. Nos casos graves, o braço poderá ser engessado até seis semanas.

Sem tratamento, o cotovelo de tenista e o de golfista podem levar dois anos a desaparecer. Se pensa que sofre de um ou outro, não utilize o braço e consulte o médico. Ele verificará se a dor provém do cotovelo ou tem outra origem. Pode receitar um anti-inflamatório e um analgésico ou aconselhar fisioterapia. Nos casos graves, o braço poderá ser engessado até seis semanas.

 


One Response

  1. debora 29 de Janeiro de 2012

Adicionar Comentário