Convulsões febris,o que deve e não deve fazer

Algumas crianças, quando com temperatura elevada, têm as chamadas convulsões febris. Estas manifestam-se sob a forma de contracções musculares violentas em todo o corpo e são geralmente antecedidas de perda súbita de consciência. A convulsão é seguida de sonolência ou sono profundo. As crises são breves (cerca de 90% duram menos de 15 minutos), mas podem repetir-se.

Dispa a criança e deite-a de lado, certificando-se de que as vias respiratórias estão desobstruídas. Não tente manter-lhe a boca aberta ou impedir-lhe os movimentos automáticos. Procure arrefecê-la baixando a temperatura do quarto e passando-lhe pelo corpo uma esponja embebida em água tépida. Não lhe dê de beber.

No caso de ser a primeira vez que a criança tem convulsões, chame o médico, pois só ele pode ajuizar se Se trata realmente de uma convulsão febril e receitar o tratamento apropriado.

Se a criança tiver novas crises com os mesmos sintomas, telefone ao médico e siga as suas indicações. Se os sintomas forem diferentes dos habituais ou a crise se prolongar, chame o médico com urgência.


Adicionar Comentário