Como tratar luxações

A luxação é uma deslocação de um osso das suas ligações normais numa articulação. As luxações mais vulgares são a do ombro e a do maxilar, mas qualquer articulação pode ser afectada — dedos dos pés ou das mãos, tornozelos, pulsos, cotovelos, ancas, etc. É normalmente acompanhada por ruptura de ligamentos e por vezes de uma fractura. Os sintomas podem incluir dores fortes, inchaço e equimose e dificuldade em mover a articulação. Nunca tente colocar no lugar um osso deslocado; trate-o como se estivesse partido. Retire ou corte a roupa ou anéis apertados junto da articulação afectada, imobilize-a com uma tala ou faça uma ligadura de suporte e recorra a assistência médica de imediato. Aplique compressas frias ou sacos de gelo para aliviar o inchaço e a dor. Não dê de comer nem de beber à vítima para o caso de o médico entender que, para efectuar o tratamento, deve dar uma anestesia geral. Quando a articulação volta à sua posição normal, seja por manipulação do médico, seja espontaneamente, como acontece por vezes, há tendência para considerar o traumatismo como curado. No entanto, os ligamentos e tecidos afectados levam semanas a recuperar, e se a vítima recomeça demasiado cedo a utilizar a articulação, a dor e o edema podem voltar e há o risco de surgirem lesões crónicas. As crianças sofrem, por vezes, luxações incompletas, especialmente do cotovelo ou do ombro, que não são visíveis nas radiografias. Os únicos sintomas podem ser dor e hipersensibilidade. O médico poderá repor a articulação na posição normal por manipulação.


18 comentários

  1. Elsa Madeira 19 de Maio de 2012
  2. Sergio Mendes 30 de Agosto de 2012
  3. pedro 28 de Outubro de 2012
  4. giovane 9 de Novembro de 2012
  5. Terezinha Parizotto 30 de Novembro de 2012
    • Pedro 17 de Janeiro de 2017
  6. Léo 14 de Novembro de 2013
  7. Regina Silva 17 de Janeiro de 2014
  8. Jorgemoraes 30 de Janeiro de 2014
  9. Roservaldo Armandinho 22 de Junho de 2014
  10. Adilson Petti 22 de Setembro de 2014
  11. Lusiana Monteiro Alves 11 de Abril de 2015
  12. Thiago Cardias 13 de Outubro de 2015
  13. Jailson Farías 8 de Dezembro de 2015
  14. Thiago Cardias 3 de Fevereiro de 2016

Adicionar Comentário