Como tratar dores nos ouvidos

Normalmente, uma dor de ouvidos forte é sintoma de uma infecção, especialmente nas crianças. As infecções do ouvido médio, atrás do tímpano, são muito frequentes em crianças com menos de 10 anos, especialmente durante o Inverno, e podem surgir associadas a constipação, tosse ou febre. Esta situação é mais rara em adultos. A dor é provocada por uma inflamação do tímpano e um vácuo na cavidade do ouvido médio. Os recém-nascidos e crianças muito pequenas choram inconsolavelmente e esfregam o pavilhão do ouvido afectado. Deixe o doente descansar e para aliviar a dor dê-lhe analgésicos nas doses recomendadas. Faça-o tomar bastantes líquidos, água ou sumos de fruta para evitar a desidratação causada pela febre. Não toque nos ouvidos e nem deite pingos, a menos que tenham sido receitados pelo médico.

Quando consultar o médico

Recorra ao médico se a dor de ouvidos persistir apesar dos analgésicos ou se a criança tem febre e chora inconsolavelmente.

Infecções no ouvido externo

Uma infecção no canal do ouvido externo pode provocar dor e supuração e ter como causa um arranhão, uma pústula que rebentou ou uma infecção mais generalizada. Este tipo de infecção é por vezes denominado ouvido de nadador, dada a frequência com que ataca os praticantes de natação. Recorra ao médico dentro das 48 horas seguintes ao aparecimento dos sintomas. Entretanto, alivie a dor com analgésicos nas doses recomendadas. Não deixe entrar água no ouvido infectado e não tente limpar o interior do canal auditivo.

Prevenção

Para se precaver contra uma infecção, ponha duas ou três gotas de azeite nos ouvidos antes de nadar.


Adicionar Comentário