Como lidar com crianças Canhotas

Cerca de 10% da população é constituída por canhotos. A habilidade com a mão esquerda manifesta-se pela primeira vez nas crianças antes de atingirem os 6 anos. Até então, a criança terá talvez utilizado indiferentemente ambas as mãos quando brinca ou desenha. A pouco e pouco, porém, transferirá tudo — lápis, facas, livros — da mão direita para a esquerda.

Os pais devem aceitar o facto de a criança ser canhota e não tentar modificá-la. A mão dominante é dirigida pela área do cérebro que também controla a fala, a escrita e a leitura, Uma interferência no processo pode acarretar problemas de fala, além de dificultar a leitura e a escrita. Além disso, a criança pode ficar confusa, frustrada e ansiosa.

Em vez de a criticar ou «corrigir», os pais devem ajudá-la. A aprendizagem da escrita pode ser difícil para os canhotos, pois a mão esquerda, ao deslocar-se através do papel, tapa e por vezes borra as palavras acabadas de escrever. Dê à criança um lápis ou uma caneta que não borre e ensine-a a agarrar a caneta afastada do ponto onde encontra o papel para que veja o que está a escrever.

Quando a criança entrar na escola, informe os professores de que ela é canhota. À mesa, ponha-lhe os pratos e os talheres do modo mais conveniente para ela.

Os canhotos conseguem muitas vezes sair-se bem em certos desportos. Nos jogos de raqueta, como, por exemplo, no ténis e no squash, têm vantagem sobre os oponentes, que estão acostumados à rotação, ângulos de retorno e estilo de jogo dos destros.

As ferramentas e os instrumentos domésticos são talvez as coisas que mais problemas colocam aos canhotos, mas cada vez mais aparecem instrumentos para a mão esquerda, como, por exemplo, tesouras, abre-latas, peladores de tomates e tesouras de podar.

 


One Response

  1. Marcos Cesar Oliveira Souza 16 de Março de 2013

Adicionar Comentário