Como aliviar o Stress

Quem não experimentou já num momento ou noutro da vida a sensação de estar «prestas a explodir* ou de sentir-se incapaz de enfrentar os problemas e as preocupações do dia-a-dia?
Se uma simples contrariedade, como um engarrafamento em hora de ponta, lhe provoca uma explosão de cólera, encare o facto como um sintoma de stress e considere-o um sério aviso de que está a deixar-se dominar pelo acontecimento.
É relativamente fácil atenuar este tipo de stress ligado aos acontecimentos do quotidiano. Pratique com regularidade EXERCÍCIO FÍSICO. IOGA OU EXERCÍCIOS DE RELAXAMENTO, dê passeios pelo campo, ouça música ou compre um animal de estimação (v. GATOS; CÃES. CUIDADOS COM OS: COELHOS). Qualquer destas actividades tem demonstrado particular eficácia no combale ao stress.
No entanto, o stress causado por um grande desgosto ou uma profunda transformação operada na vida da pessoa — por exemplo, a perda de um ente querido ou o nascimento de um filho — é normalmente muito mais difícil de ultrapassar e se não for tratado, pode provocar dores de cabeça, INSÓNIA e depressão.

Como ajudar-se a si próprio:

Fale sobre os seus problemas ou preocupações com um familiar ou confidente, com amigos ou o seu médico ou o confessor. Por vezes, o simples facto de desabafar contribui para reduzir a gravidade de um problema às suas reais dimensões, ou permite encará-lo sob uma perspectiva mais objectiva. No entanto, conversar com alguém acerca dos seus problemas não deve excluir a firme disposição de os equacionar. Mais cedo ou mais tarde, terá de decidir quais são os seus verdadeiros problemas, enfrente-os e procure resolvê-los, concentrando-se num de cada vez.
Colha os benefícios de seguir rotinas regulares: tome as refeições sem pressa, faça uma alimentação saudável, cuide escrupulosamente da sua higiene pessoal e do vestuário, cultive hobbies e promova sãs relações de amizade.
Adopte uma atitude mental flexível e positiva, que o ajudará a não ficar deprimido ou irritado se os acontecimentos tomarem um rumo diferente do esperado. Quem responsabiliza a «vida» ou os outros pelos seus problemas ou dificuldades tem menor capacidade para combater o stress. Enfrente a vida com uma atitude positiva, que contribuirá para criar em si a sensação de dominar os acontecimentos.


Adicionar Comentário