Benefícios de um sono de boa qualidade

O sono de boa qualidade pode estar associado ao envelhecimento bem sucedido e a uma vida mais longa, enquanto que o sono não reparador tende a ser um sinal de envelhecimento mais rápido e de doença. Estudos sobre o sono demonstraram que o sono sincopado aumenta os níveis de gordura no sangue, o colesterol, o cortisol e a tensão arterial – poderosos factores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Além disso, a falta de sono diminui a capacidade mental e a atenção, deixando as pessoas sonolentas mais vulneráveis a acidentes durante o dia.

Alguns estudos revelam até que a qualidade do sono pode ser o que melhor permite prever o tempo que viverá – sendo mesmo mais importante do que os seus níveis de colesterol ou de tensão arterial. Um estudo muito amplo efectuado pela American Câncer Society nos anos 50 do século xx permitiu concluir que as taxas de mortalidade mais altas ocorriam nas pessoas que afirmavam dormir apenas 4 horas ou menos por noite, e também nas que dormiam 9 a 10 ou mais horas por noite. As pessoas que dormem 6 a 7 horas por noite são as que vivem mais tempo.

Como dormir melhor

  • Siga um plano regular de sono. Deite-se à mesma hora todas as noites e crie uma rotina de relaxamento que o ajude a acalmar-se. Se não conseguir adormecer em 20 minutos, levante-se, sente-se um
    bocadinho e volte a tentar. Não veja televisão nem acenda luzes intensas, porque isso indicará ao seu cérebro que são horas de acordar.
  • Evite tomar estimulantes à noite, como café (mesmo descafeinado), chá, chocolate quente e álcool. Experimente chás herbais, em especial de camomila, ou leite.

Dormir a sesta

As pessoas que vivem nas zonas tropicais costumam dormir a sesta. É uma maneira lógica de se furtarem ao calor intenso do sol do meio-dia, o qual pode criar tensões no corpo e aumentar a tensão arterial e o ritmo cardíaco. Mas dormir durante o dia é realmente benéfico para si? É um tema muito controverso.

Um estudo realizado na Grécia revelou que dormir regularmente uma sesta de cerca de 30 minutos pode ajudar a diminuir o risco de doenças cardíacas, sobretudo nos homens, talvez porque contribui para eliminar a tensão do dia e aliviar o sfress. De acordo com este estudo, as pessoas que dormiam uma sesta de cerca de 30 minutos, pelo
menos três vezes por semana, tinham 37% menos probabilidades de morrer de ataque cardíaco ou de outro problema de coração.

No entanto, uma sesta mais longa pode afectar o seu padrão de sono diário e alterar a qualidade do sono nocturno. Também pode ser um sinal de que o seu sono nocturno não é adequado, por exemplo, devido a situações potencialmente fatais como a apneia obstructiva do sono. Se verificar que tem necessidade de dormir mais durante o dia, talvez seja melhor ir ver como está a sua saúde.


No Responses

  1. Pingback: Como fazer chocolate quente | Como Fazer 7 de Junho de 2013

Adicionar Comentário