As cores dos alimentos

Há imensas razões para desfrutar de uma alimentação à base de vegetais e cereais integrais. Uma delas são as próprias cores dos alimentos e é aqui que entram os fitoquímicos.

A palavra fitoquímico significa, literalmente, a química da fito, ou seja, da planta. Desde a tonalidade de azul profundo dos mirtilos, ao aroma do alho, os fitoquímicos ajudam a dar às plantas as suas distintas cores, diferentes cheiros, sabores ou outras propriedades sensoriais. São incríveis os benefícios dos fitoquímicos para a saúde, pelo que saber como as cores dos alimentos nos afetam é importante.

Benefícios dos fitoquímicos

fitoquímicosDe facto, até certo ponto, muitos dos benefícios dos fitoquímicos ainda permanecem um mistério, pois o que sabemos é que indiciam que trabalham em harmonia com as outras vitaminas e nutrientes para manter o corpo no seu estado saudável e natural. E este é motivo mais que suficiente para fazer todas as refeições coloridas e cheias de vegetais.

Muito pouca gente sabe, mas existem mais de 10.000 fitoquímicos conhecidos nos alimentos vegetais que comemos. Então, vale mesmo a pena conhecer algumas das formas surpreendentes dessas substâncias químicas naturais beneficiarem a nossa saúde.

Frutos e vegetais verdes obtêm a sua cor dos pigmentos naturais de plantas, chamados de clorofila. Alguns destes frutos e vegetais, tais como legumes de folhas verdes, pistacho, ervilha, pepino e aipo, contêm também luteína, um fitoquímico importante para a saúde dos olhos.

Os benefícios para a saude dos alimentos de cor verde, é que a luteína, em conjunto com a zeaxantina (uma substância química natural também presente no milho, pimentos vermelhos, laranjas e uvas) ajuda a manter os olhos saudáveis, reduzindo o risco de cataratas e de degeneração macular. Muitos vegetais verdes também são ricos em isotiocianatos, que vêm estimular as enzimas no fígado, que ajudam o corpo a remover componentes potencialmente cancerígenos.

As folhas verdes, tais como espinafres e bróculos são excelentes fontes de folato, vitamina B que ajuda a reduzir o risco de defeitos congénitos, para além de serem uma excelente fonte de vitamina K, potássio, alguns carotenoides e ácidos gordos, e ómega 3.

No que toca a cores dos alimentos, os de cor verde mais conhecidos são as saborosas maçãs verdes, alcachofras, espargos, abacates, couve, feijão verde, bróculos, couves de Bruxelas, repolho, pepino, uvas verdes, melão verde, kiwi, alface, lima, alho francês, ervilhas, pimentos verdes, espinafre e pistachio.

No que toca aos fitoquímicos, a maior classe de fitoquímicos, chamada de flavonoides, é maioritariamente incolor.

Quanto mais sabemos sobre fitoquímicos, maior a lista de benefícios para a saúde.


Adicionar Comentário