Costura, Como coser à mão ou à máquina

Para costurar, é necessário ter o equipamento básico, um conhecimento dos pontos essenciais e das costuras utilizadas para unir peças de tecido e um espaço de trabalho bem iluminado com uma tomada eléctrica para um ferro de engomar e uma máquina de costura.

Material e equipamento básico para costurar

 Existem muitos tipos de agulhas para coser à mão, cada um dos quais se destina a um fim específico (bordar, alinhavar, passajar, etc). Estes diferentes tipos variam de acordo com a formando orifício (redondo ou alongado), o comprimento e o bico (aguçado, redondo, rombo ou facetado). Para cada tipo existem vários tamanhos; quanto mais elevado for o número, mais pequena e mais fina será a agulha. Ao escolher a agulha, considere o género de trabalho a executar, a estrutura do tecido e o seu peso e ainda a espessura da linha.

Existem também vários tipos de linha: linha de passajar, linha de alinhavar, linha de cascar e pespontar (torçal) e linhas de costura (que podem ser de algodão, para utilização em tecidos de algodão, ou sintéticas, para trabalhos em tecidos â base de fibras artificiais). Quanto maior for o número da linha,menor será a sua espessura. Em linhas de costura, as mais utilizadas são as dos nºs 30, 40 e 50.

É igualmente indispensável possuir uma fita métrica, alfinetes, uma pequena tesoura de bordar para cortar linha, um abre-casas, ou descosedor, para descoser costuras e abrir as casas caseadas à máquina, tesouras de costura e de talhar, tesoura de picotar, que deixa, ao cortar, uma beira em ziguezague que evita que o tecido se desfie, dedal e caixa de costura para guardar o material.

Como enfiar a agulha

 Corte a linha em viés com uma tesoura de bordar pequena e afiada — não a parta à mão. pois desfia. Um bom comprimento de linha será 60cm, enfiando 15 cm pelo orifício. Para alinhavar, é conveniente uma linha maior.

Pontos básicos

Utilize uma máquina de costura sempre que possível. O ponto a direito pode ser regulado cm comprimento, e o ponto de ziguezague, tanto em comprimento como em largura, para coser diferentes tecidos. Seguem-se os principais pontos à mão.

Alinhavar

Utilizam-se alinhavos à mão para unir provisoriamente duas ou mais camadas de tecido. O alinhavo pode ser corrente, de pontos curtos ou largo. Pode alinhavar à máquina, mas só se as marcas da agulha não se notarem depois de ter tirado o alinhavo.

Ponto corrido, ou ponto adiante

Um ponto miúdo e regular utilizado para passajar, franzir e executar outros trabalhos delicados.

Ponto atrás

Um ponto miúdo e resistente utilizado principalmente em substituição do ponto da máquina para segurar os pontos em ambas as extremidades de uma carreira ou para reparação de costuras rebentadas.

Ponto de bainha

Emprega-se para fixar a orla da bainha à peça de vestuário. O ponto de bainha invisível espaçado utiliza-se para ligar partes de uma peça de vestuário leve.

Ponto espinho

Um ponto resistente para fixar bainhas pesadas.

Chulear

O ponto de chuleio é habitualmente usado no acabamento das beiras em fio, a fim de evitar que se desfiem. E formado por pontos em diagonal a espaços regulares e a uma profundidade uniforme. À máquina, chuleia-se com um ponto de ziguezague aplicado nas beiras do tecido.

Ponto de luva inclinado

Geralmente utilizado para unir duas beiras acabadas, pode também ligar com perfeição uma beira em fio a uma superfície lisa.

Como executar uma costura

Sendo a costura o elemento estrutural básico de qualquer peça de vestuário, a sua execução deve exigir o maior cuidado. Geralmente, coloca-se o tecido direito contra direito, embora em alguns casos o avesso fique contra o avesso. A largura normalizada para costuras é de 15 mm. No início e final das costuras, execute um ponto atrás, a fim de as reforçar.

Costura simples

É a mais frequente. Coloca-se o tecido direito contra direito e cose-se com ponto a direito à mesma distancia da beira.

Costura encostada

Costura muito resistente, utilizada com frequência em vestuário desportivo e infantil. Colocando avesso contra avesso, cosa sobre a linha de costura. Abra a costura a ferro, assentando-a em seguida para um dos lados.Apare a margem da costura que fica por baixo, deixando-a com 1 mm. Em seguida, faça uma dobra com 6mm na orla da margem da costura que fica por cima e vinque-a a ferro. Cosa esta beira dobrada à peça de vestuário.

Costura inglesa

As beiras ficam no Interior da própria costura, dispensando assim qualquer acabamento. Esta costura especialmente indicada para os tecidos transparentes, em que as costuras são visíveis do exterior da peça de vestuário, e para os casacos sem forro.

Costuras curvas

Em costuras curvas é necessário golpear e entalhar. Nas curvas convexas, ou para fora, dê golpes nas beiras para evitar que estas repuxem. Nas curvas côncavas, ou para dentro,faça entalhes, o que evita o enfola-mento da costura.

Remates de cantos

O chamado acabamento em meia esquadria consiste na junção em diagonal de duas beiras de um canto. Passe a ferro com exactidão as dobras do canto.

 

0



3 comentários

  1. OMG 15 de Setembro de 2010
  2. Beatriz 12 de Janeiro de 2011
  3. carla 18 de Fevereiro de 2011

Adicionar Comentário