Como ter flores mais cedo que a época

Designa-se por forçagem o processo que tem por objectivo provocar o desenvolvimento e florescimento das plantas fora da época própria, recorrendo a meios artificiais. Com a forçagem, poderá fazer bolbos de narcisos, jacintos, túlipas e cormos de açafrão.

Os viveiros vendem bolbos especialmente tratados para a cultura forçada. Compre os maiores de cada variedade e certifique-se de que os bolbos estão limpos e não têm defeitos. Devem estar duros e os das túlipas ter a cobertura castanha intacta. Os bolbos não tratados também podem submeter-se a cultura forçada, embora floresçam algumas semanas mais tarde do que os tratados. Uma mistura de ambos os tipos proporciona um período de floração mais longo.

Plante os bolbos em Setembro ou Outubro

Plante-os directamente cm recipientes especiais ou use vasos vulgares sobre pratos.

Os recipientes que não têm orifícios de drenagem devem ser cheios com uma mistura de turfa, areão e carvão. Se usar vasos, tape os orifícios de drenagem com cacos — pedaços de vasos partidos — e ponha por cima uma camada de mistura de turfa grosseira, musgo e terra do jardim. Coloque os bolbos e acabe de encher.

Os bolbos pequenos devem ser plantados de maneira que os vértices fiquem 2,5 cm abaixo da borda do vaso ou da taça. Cubra completamente os vértices com a mistura referida, de modo que esta fique 1,5 cm abaixo da borda do recipiente.

Plante os bolbos grandes, como os jacintos, de modo que os vértices ultrapassem ligeiramente a borda do recipiente. A mistura deve ficar a 1 cm daquela. Use um recipiente fundo para que a raiz possa desenvolver-se.

Coloque os bolbos de túlipas de narcisos quase tocando uns nos outros e mal cobertos com a mistura. Coloque os bolbos pequenos e os cormos com intervalos de cerca de 2,5 cm entre si e cubra até uma altura de 2 cm.

Deite água de modo a encher o espaço entre a terra e a beira do vaso; será suficiente para assegurar que a mistura acima referida fique completamente humedecida. Envolva cada um dos recipientes numa folha ou duas de jornal, de modo a ficarem completamente tapados, incluindo o topo.

Depois, ponha-os num sítio escuro. Deverá ser frio, mas não a ponto de permitir que os bolbos congelem. Um barracão, uma cave ou uma garagem são por vezes a solução ideal. Como alternativa, enterre-os no jardim a 15 cm de profundidade e cubra a terra com palha.

Ao proceder deste modo, criará para as plantas um inverno artificial. A duração será de 8 a 12 semanas para os jacintos e o açafrão e os narcisos amarelos não tratados e cerca de 16 semanas para as túlipas – duas ou três semanas menos para os bolbos tratados. Se for possível, inspeccione as plantas de vez em quando. Veja se a mistura está húmida, mas não deite água de mais.

Mudança para a luz

Quando aparecem rebentos de 2,5 a 5 cm, ou, para as plantas enterradas, quando o tempo indicado passou, mude os vasos ou os recipientes para um compartimento fresco dentro de casa — cerca de 10″C — e coloque-os fora da luz solar directa (mas em luz forte), retirando-lhes os jornais que os envolvem.

Deixe-os aí até os rebentos atingirem 10 a 15 cm — geralmente, duas semanas. Em seguida, mude-os para um local mais quente e com mais sol até aparecerem botões coloridos. Conserve a mistura ligeiramente húmida. Prolongue o período de florescimento mantendo as plantas fora da luz directa c num compartimento fresco à noite.


Adicionar Comentário