Como preparar as flores para fazer arranjos com flores secas

Um delicado ramo de flores secas pode ser uma alternativa de bom gosto (e económica) para as flores frescas e as plantas de interior na decoração de um ambiente.

Como colhê-las e prepará-las

Colha as plantas num dia seco, as flores antes de estarem completamente abertas e as herbáceas antes de começarem a largar as sementes. Prepare-as imediatamente. Tire as folhas dos caules. Em algumas flores com corolas grandes e caules delgados estes devem ser envolvidos com arame fino (arame de florista) enrolado ou mesmo substituídos por arame 2 cm abaixo da flor.

Secagem ao ar

As flores de plantas não muito carnudas são colocadas de cabeça para baixo num local escuro e arejado. Resguardadas da luz, elas conservam as cores.

Secagem na areia

Seque previamente areia fina no forno do fogão da cozinha e deixe arrefecer. A areia extrai então água das plantas. Este método é especialmente indicado para a secagem de flores grandes e delicadas, como rosas, túlipas ou cravos. As caixas de sapatos são excelentes para enterrar as flores na areia. Quando proceder a esta operação, tente, na medida do possível, que cada pétala fique rodeada de areia. Flores como as margaridas, por exemplo, devem ser mergulhadas com a cabeça para baixo; as flores em forma de cálice devem ser enchidas cuidadosamente com areia e depois enterradas.

Ao secar flores por este método, retiram-se todas as folhas. Às flores muito grandes cortam-se-Ihes os pés até uma altura de 2-3 cm. Todos os caules devem levar arame para dar apoio; nos caules ocos, ele é introduzido e fica preso ao receptáculo mediante um pequeno gancho formado na extremidade. A flor seca é posteriormente retirada com todo o cuidado com o auxílio desse arame. O período de secagem pode variar entre poucos dias c um mês, no máximo.

Secagem com sílica-gel

A sílica-gel extrai água das flores de forma mais eficiente cio que a areia. Deve ser sempre conservada em recipientes tanto quanto possível estanques. A sílica-gel torna a secar sem quaisquer problemas a uma temperatura de 120-13ü°C no forno da cozinha e pode então voltar a ser utilizada.


3 comentários

  1. Marco Antonio 4 de Abril de 2012
  2. Marco Antonio 4 de Abril de 2012
  3. Maria Jose Acabado 8 de Fevereiro de 2014

Adicionar Comentário