Como montar prateleiras

Ripa com a ponta cortada em ângulo

Fixe às paredes laterais do nicho ripas de madeira de 5 x 2,5 cm para suporte das prateleiras. Corte as pontas das ripas em ângulo para ficarem mais discretas. Antes de as adquirir, ponderar sobre a finalidade a que se destinam — se para fins decorativos, se meramente funcionais.

As prateleiras mais simples consistem em tábuas assentes sobre esquadros. Antes de começar o trabalho, decida a largura das prateleiras de acordo com a utilização que lhes vai dar. O material de mais fácil utilização é o aglomerado de madeira com revestimento de folheado de madeira ou de fórmica.

Um dos sistemas mais vulgarizados de colocação de prateleiras, pela sua flexibilidade e facilidade de montagem, consiste na fixação à parede de calhas metálicas onde são encaixados, à altura desejada, esquadros que servem de suporte às prateleiras.

Um outro sistema de prateleiras utiliza ilhargas com travessas de madeira ou metal às quais as prateleiras se apoiam por meio de varões metálicos enganchados entre as travessas das ilhargas. Encontra à venda no mercado conjuntos completos, com prateleiras e varões. As ilhargas ficam encostadas à parede, formando com ela um ângulo recto, e podem ser reforçadas transversalmente ou fixas com parafusos, se necessário. Regule a altura das prateleiras, deixando entre elas um maior ou menor número de travessas.

Se resolver colocar prateleiras num nicho, fixe ripas de madeira às paredes laterais. Utilize parafusos de cabeça de embeber com buchas na parede (furos em paredes; fixação a superfícies), e com um nível de bolha de ar verifique se os suportes estão perfeitamente horizontais.

As prateleiras podem ficar simplesmente assentes nos suportes, mas, para maior segurança, fixe-as às ripas com pregos de cabeça de embeber e tape os furos com betume para madeira.


Adicionar Comentário