Como manter a casa quente em tempo frio

Com um isolamento térmico eficiente e uma boa calafetagem, é possível reduzir as contas de combustíveis ou electricidade em cerca de 50%. Por isso, o dinheiro gasto com o isolamento é um bom investimento.

Um isolamento eficaz, em áreas como os sótãos pode provocar ruptura ou congelamento da canalização; assim, não se esqueça de proteger os canos e os depósitos do frio (protecção de canos e depósitos): canos isolamento.

Como Isolar O sótão

Esta é a primeira área a proteger, pois 25% do calor da sua casa podem escapar-se pelo telhado. Se o sótão não tiver soalho, ande sobre as vigas ou coloque tábuas fortes de trave a trave, para poder trabalhar, pois o forro do tecto, de ripas e aglomerados de madeira entre as traves, não suporta o peso de um adulto.

Isole o piso do sótão se este for usado simplesmente para arrumação; caso contrario, isole também a parte debaixo do tecto. O isolamento do piso é a forma mais eficiente de conservação do calor. Com o isolamento das traves, todo o espaço ficará quente, o que pode representar um grande volume de calor.

O material mais vulgarmente usado é a fibra de vidro, que se compra em rolos, quase sempre de 40 cm de largura. Mas é muito volumosa tanto para ser transportada para dentro de casa como para as águas-furtadas. Prefira fibra de 10 cm de espessura para obter melhores resultados.

Antes de começar a trabalhar, aspire toda a área e aproveite para ver se há sinais de caruncho. Use uma máscara para evitar que o pó e as fibras entrem para os pulmões e luvas entaladas numa camisa de mangas compridas.

Alguns tipos de isolamento vendem-se com o avesso em folha de alumínio ou de plástico para impedir a condensação nos sótãos. Se não for esse o caso, compre papel com uma face revestida a folha de alumínio ou politeno e coloque-o entre as vigas, com a face brilhante para baixo, antes de colocar o isolamento.

Desenrole as mantas sobre ou entre as vigas, juntando os topos entre cada uma. Estenda o isolamento até à aresta inferior do telhado, mas deixe um intervalo de cerca de 5 cm para que o ar possa circular, reduzindo o risco de condensação. Forre também o alçapão. Cubra-o com a lã de vidro segura por tachas redondas pregadas com um martelo ao longo das bordas ou colada com resina apropriada.

Existem outros materiais próprios para isolamento de sótãos, entre os quais a vermiculite e os grânulos de lã mineral ou de cortiça, que se introduzem entre as vigas, de forma a obter uma camada de 6 a 10 em de espessura. Para conseguir uma espessura regular, faça um regulador de profundidade simples com um pedaço de madeira. Uma parte deve apoiar-se nas duas traves, enquanto uma peça central espalha o enchimento solto à altura correcta.

Não isole o piso debaixo do depósito de água para permitir que algum calor suba dos andares inferiores, reduzindo o risco de congelamento.

Pode isolar com facilidade o teclo do sótão desde que este possua um revestimento de betume na face de baixo das telhas. Coloque sobre ou entre as vigas manias de feltro ou de lã de vidro, placas de cortiça ou de poliéster e segure-as com cordel passado entre pregos espetados ao longo das vigas, de forma a obter uma espécie de rede. Pregue entre as vigas placas de revestimento isolador, certificando-se de que as junções se situam no centro das vigas.

Se o telhado não tem forro e se pode ver a luz pelos intervalos das telhas, fixe entre as vigas papel de suporte impermeável utilizando pregos de latão. Trabalhe do topo para baixo, sobrepondo as folhas em pelo menos 10 cm. Deixe as extremidades do papel ultrapassarem a aresta inferior do telhado para que a chuva ou a neve derretida não pinguem para dentro do sótão. Aplique então o isolamento.

Isolamento das paredes com Paredes duplas

A caixa de ar existente entre as duas paredes constitui, por si própria, um bom sistema de isolamento, pois o ar retido impede as perdas de calor e reduz a entrada de humidade. Se quiser melhorar a capacidade isoladora destas paredes, pode fazê-lo enquanto estão a ser construídas, enchendo a caixa de ar com espuma Sintética especial. Consulte para o efeito uma firma especializada.

Isolamento das Paredes sólidas

Existem à venda placas de material apropriado para forrar as paredes internas, mas é um trabalho complicado que exige a remoção de rodapés, molduras de portas e janelas, tomadas e interruptores eléctricos. Como alternativa, pense em revestir a parte exterior das paredes com placas de contraplacado marítimo, processo que não é muito usual entre nós e que pode tornar-se dispendioso.

Isolamento para Chão

Os soalhos não precisam de ser isolados, visto que a madeira é um isolador natural. No entanto, os soalhos velhos podem deixar passar o ar por entre as tábuas.; resolva o problema assentando sobre ele uma cobertura de alcatifa forrada ou vinilo forrado a espuma. O chão de cimento é muito mais frio e pode perder calor, que é absorvido pelo cimento. Cubra o cimento com tacos de cortiça, vinilo ou alcatifa para isolar a superfície fria. Até o parquete ou os tacos de madeira dão alguma protecção.

Isolamento de Janelas

Isole as janelas com cortinados pesados. Se quiser melhores resultados, coloque vidros duplos ou calafetagem nas janelas.

 


2 comentários

  1. Vitor Tavares 8 de Novembro de 2010
  2. Douglas Macedo 27 de Maio de 2013

Adicionar Comentário