Como jogar Pingue-pongue

O objectivo do ténis de mesa, conhecido por pingue-pongue, é marcar pontos fazendo passar a bola sobre uma rede baixa, de modo que ressalte onde o seu adversário não possa responder.

A mesa, verde-escura, tem 2,70 m de comprimento, 1,5 m de largura e 76 cm de altura; é necessário um espaço livre de pelo menos 1,5 m em cada topo e de cerca de 1 m de cada lado. A rede atravessa o meio da mesa, mede 15 cm de altura e divide-a em dois campos. Uma linha branca divide cada campo em metade esquerda e direita para o jogo de pares. Em pares, os jogadores de cada equipa batem alternadamente a bola durante o jogo.

Cada jogador bate a bola, de celulóide e oca, com uma raqueta arredondada de madeira com cerca de 12,5-16,5 cm de largura e normalmente coberta com borracha. Há duas pegas (maneiras de segurar a raqueta): a pega shake-bcinds, em que a mão envolve o cabo e que permite amplas possibilidades nas jogadas, e a pega, em que se agarra a raqueta com o cabo para cima e entre os dedos polegar e indicador.

Para servir, segure a bola na palma da mão ao nível da mesa, lance-a para cima e bata-lhe quando descer. A bola tem de ressaltar uma vez de cada lado da rede — se tocar a rede, sirva novamente.

Uma troca contínua é uma jogada

O seu adversário marca ponto se você falhar a bola que ele lhe lançou ou se acertar na bola antes de ela ter ressaltado, ou ainda que tenha acertado depois de ter ressaltado duas vezes na mesa ou ter batido no chão, na parede ou no tecto. O jogador perde um ponto se tocar na mesa com a mão livre ou a abanar.

Os jogadores fazem cinco serviços de cada vez; porem, se estiver 20 igual, servirão alternadamente após cada ponto, O vencedor é o primeiro que obtiver 21 pontos. No entanto, se não tiver uma vantagem de 2 pontos sobre o adversário, o jogo deverá continuar ate um dos jogadores obter essa vantagem de 2 pontos. O vencedor da partida é aquele que ganhar dois em três jogos (três em cinco num campeonato).


Adicionar Comentário