Como fazer um editorial

Certamente já reparou que quase todos os jornais vendidos (ou presentes para venda) possuem uma parte especial dedicada às opiniões dos autores. Esse tipo de texto tem o nome de editorial e tem na sua constituição exatamente o que o jornal pensa sobre um determinado tema.

Mas sabe exatamente como fazer um editorial? Neste artigo vamos dar-lhe algumas dicas de como pode fazer um editoral.

Confira-as já abaixo.

 

Fazer um editorial

Para elaborar um editorial precisa de focar-se sobre um determinado assunto, de preferência que esteja em voga e que esteja presente nas notícias, para que tenha um caráter mais fatual. No entanto, isto não é uma regra obrigatória para este tipo de texto, mas sim apenas uma dica. Outro detalhe importante é você estar informado sobre o assunto.

Confira nosso guia passo a passo para saber como fazer um editorial:

  1. editorialO primeiro passo consiste em fazer  a escolha do que quer falar no editorial e pensar num objetivo para ele. Pense nas seguintes questões: Porque  falar desse tema? O que eu quero mostrar através deste tipo de texto? Porque ele é tão importante? Ao responder a estas questões, a elaboração do editorial irá tornar-se mais simples e fácil.
  2. Já com o papel e a caneta nas suas mãos, está na hora de reunir o maior número de informações possível. Faça pesquisas em jornais, revistas e internet. No entanto, deverá ter um cuidado especial em relação a este último, pois existem muitas cópias e opiniões de pessoas que não têm qualquer conhecimento sobre o assunto tratado. Por outro lado, na internet também existe uma grande quantidade de blogueiros profissionais, e também jornalistas que possuem blogs e que estão presentes nas redes sociais, e que normalmente oferecem um material de leitura bastante rico em informações.
  3. Lembre-se sempre que os fatos estão sempre contextualizados, por essa mesma razão, antes de iniciar a argumentação sobre o assunto, coloque ao redor do tema tudo o que tem uma ligação direta com ele. Poderá também pesquisar informações em fontes bibliográficas, estas são também excelentes caminhos para a contextualização.
  4. Esta sim é uma regra: faça sempre o texto usando a 3ª pessoa do singular. Por mais que seja um editorial ou texto opinativo, nunca coloque a primeira pessoa no texto.
  5. Argumente sempre a sua opinião com exemplos, dados estatísticos (tenha muito cuidado, pois estes também podem ser bastante relativizados. Se realmente quiser utilizá-los, faça uma pesquisa bastante completa e tenha embasamento para os números) e pesquisas feitas por pessoas a instituições de renome. Sem dúvida alguma que estas fontes dão-lhe informações e dados que podem ajudar a tornar o seu editorial mais completo e interessante para todos os leitores que o lerem.

6 comentários

  1. Alline Soares Rodrigues 11 de Março de 2014
  2. nathy silva 24 de Novembro de 2014
  3. David Brown Vïdäll Scofield 12 de Abril de 2015
  4. Lisandra Li Oliveira 11 de Junho de 2015
  5. larissa vaquinha 1 de Setembro de 2015
  6. Moacyr Bento 8 de Dezembro de 2015

Adicionar Comentário