Como eliminar pulgas de cães com remédios caseiros

As pulgas são um problema incómodo não só para os cães, como também para os próprios donos.

E, não pense que os problemas se ficam pela comichão e mordidelas. As pulgas são também um sério risco à nossa saúde e à saúde dos nossos animais, podendo deixar um cão bastante doente. Podem causar alergias de pele, que em casos mais graves acabam por resultar em infeções.

Os períodos mais quentes do ano são especialmente problemáticos no que diz respeito às infestações de pulgas, pelo que é necessário conhecer alguns remédios caseiros que ajudem a eliminá-las.

Já de seguida mostramos algumas sugestões de remédios caseiros para eliminar pulgas.

 

pulgas-cão

 

1 – Misture uma solução de 1/3 de vinagre de maçã para 2/3 de água. Depois de lavar muito bem o animal com um champô apropriado e de o enxaguar com água limpa, espalhe esta mistura sobre o pelo. Retire o excesso de água com recurso a uma toalha seca, esfregando o cão vigorosamente. O cheiro do vinagre no cão não irá ser percetível durante muito tempo, a não ser para as pulgas, que acabam por manter-se afastadas.

2 – Esprema um sumo de limão e junte a 250ml de água. Coloque dentro de um borrifador de plástico. Diariamente borrife o cão com esta mistura, tendo cuidado com as vias respiratórias e os olhos do animal. Se o cão tiver pelo comprido aconselhamos que o escove bem. O cão vai ficar a cheirar bem, mas as pulgas não se vão chegar nem perto.

4 – As pulgas também não gostam do aroma da alfazema, pelo que a pode usar como arma para as manter afastadas do seu animal de estimação. Adicione algumas gotas de óleo essencial de alfazema ao champô com que costuma lavar o seu cão ou à água do banho. Mais uma vez, tenha cuidado com as vias respiratórias e os olhos do animal. Também pode misturar algumas gotas do óleo em 250ml de água, como no remédio referido anteriormente, fazendo exatamente o mesmo processo de aplicação.

5- Escove o pelo do cão com um pente próprio para pulgas. Estes pentes têm os dentes mais fininhos e ao passar no pelo as pulgas e outros parasitas externos acabam por ficar agarrados, sendo fácil removê-los.

6 – Mantenha o seu animal de estimação sempre limpo, bem escovado e saudável. Este tipo de parasitas acaba por atacar mais facilmente um cão com pelo sujo ou com saúde debilitada, pelo que a prevenção é uma importante etapa para as evitar.


6 comentários

  1. Cinda Medeiros 26 de Março de 2013
  2. Fernando Luiz Costa 27 de Março de 2013
  3. Fernando Luiz Costa 27 de Março de 2013
  4. Marcia canton 14 de Outubro de 2013
  5. nilza cintra de sá 15 de Outubro de 2013
  6. Maria 14 de Abril de 2017

Adicionar Comentário