Actividades sísmicas e riscos das populações

O que é um sismo ?

 

Um sismo é um movimento vibratório brusco e rápido na superfície terrestre. eles produzem principalmente nos limites das placas litosfericas (zonas bastante instáveis).

A superfície terrestre esta dividida em placas litosfericas que se vão deslocando ao longo do tempo,afastando-se ou colidindo. No entanto os sismos também podem ocorrer no interior das placas litosfericas como consequência de forças acumuladas ou devido a abatimentos de cavidades internas da crusta terrestre , erupções vulcânicas ou ate mesmo pela formação de fracturas ou falhas.desde o sismo mais insignificante ao sismo mais catastrófico, todos os movimentos são provocados pelo mesmo fenómeno: ruptura de material rochoso, o material existente próximo da superfície da terra tem um comportamento elástico, mas quando esta sujeito a pressões mais fortes  e atinge o limite da sua elasticidade ,dá-se a ruptura e é neste momento que o sismo ocorre.

A energia acumulada durante anos de deformação é libertada sob a forma de ondas sísmicas  que se propagam em todas as direcções  inclusive atingem a superfície terrestre.

O sitio onde se dá o sismo no interior da terra chama-se hipocentro  o ponto situado na superfície terrestre verticalmente a cima do hipocentro é chamado de epicentro.

Quanto mais perto da superfície o hipocentro estiver, maior vai ser a destruição a superfície e muitas vezes os sismos são sucedidos de replicas ou seja os irmãos do sismo principal, só que mais fracos.

Quando o epicentro se situa dentro agua por vezes sao produzidas ondas muito grandes  designadas por tsunami que se propagam a grandes distancias. Estas ondas podem atingir os 700 Km/h e uma altura superior a 10 m

Como se registam os sismos ?

para se registar os sismos desenvolveram-se aparelhos chamados sismógrafos, existem bastantes tipos de sismógrafos por exemplo

sismógrafos que registam os movimentos horizontais e os movimentos verticais

 numa estação sismográfica normalmente existem sempre 3 sismógrafos 2 para registar os movimentos horizontais e 1 para registar os movimentos verticais e o gráfico obtido chama-se sismograma

 

Um sismograma, quando não houve nenhuma actividade recente, o aspecto do gráfico é parecido ao de uma linha, mas quando existe actividade os registos tornam-se mais complexos  e a amplitude da linha é maior.

 

Escalas para avaliar os sismos.

Escala de Mercalli

das escadas de intensidade, a escala de mercalli (modificada), elaborada inicialmente por Giuseppe Mercalli é a mais utilizada. tem doze valores, baseia-se nas observações das destruições causadas e nos relatos de testemunhas .É uma escala qualitativa.

 

 

Escala de Mercalli modificada Modificada.

 

  1. As pessoas não sentem nada.
  2. As vibrações são sentidas por pessoas nos andares superiores.
  3. Os candeeiros balançam, a vibração é comparável à causada pela passagem de um pequeno camião.
  4. Pratos, talheres e janelas vibram, a vibração é comparável à causada pela passagem de um camião.
  5. As pessoas que estão a dormir acordam, pratos e janelas partem.
  6. Chaminés e a mobília movem-se.
  7. Muros e edifícios de estrutura fraca caem.
  8. Alarme geral ruína dos edifícios débeis.
  9. Pânico, fundações dos edifícios afectadas, canalizações rebentadas; fissuras no terreno.
  10. Grande ruína, os carris dobram, pontes caiem e o solo é fortemente afectado.
  11. Poucas estruturas resistem, grandes fendas no solo.
  12. Destruição total da paisagem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Adicionar Comentário