Malas de mão e de viagem

Todas as malas durarão mais tempo se-lhes dispensar regularmente alguns cuidados. Por exemplo, aplique um creme próprio nas malas de couro e em seguida puxe o lustro com uma escova de sapatos macia. As malas de plástico necessitam de uma lavagem ocasional com água e um detergente suave.

Retire as nódoas da mala de camurça com um tira-nódoas para camurça. Quando secar, coloque a mala sobre uma panela de água a ferver, de modo que o vapor atinja a zona da nódoa. Se algumas zonas ficarem lisas, esfregue-as com uma lixa fina; aplique um produto para limpar camurça e por fim escove.

Não utilize óleo nas fechaduras, porque agarra a poeira. Aplique um lubrificante seco, como a grafite em pó.

Cortes e rasgões

Procure arranjar um pedaço de material semelhante ao da mala e corte uma tira com largura suficiente para cobrir a área rasgada. Levante o forro junto ao rasgão e aplique uma camada fina de cola transparente no local do corte e na tira; deixe secar. Una cuidadosamente os bordos do rasgão e coloque a tira no interior da mala, apertando fortemente. Pelo lado de fora da mala aperte também os bordos do rasgão contra a tira. Se o arranjo for feito correctamente, o rasgão ficará quase invisível.

Recoser uma costura

Retire as linhas partidas ou gastas com uma agulha forte ou a ponta de uma tesoura. Para voltar a coser, escolha uma agulha que passe pelos furos existentes e enfie-a com uma linha encerada, fazendo um nó na ponta; este deve ficar no interior da mala. Faça pontos idênticos aos que existiam anteriormente. Prolongue a costura para além da zona consertada (utilize um furador para abrir os furos) e corte a linha.

Pega danificada

Leve a mala a uma loja de peles e tente encontrar uma pega que seja igual ou parecida. Se a pega for cravada, corte-a com uma faca afiada e com um alicate de pontas abra as argolas para as retirar.

Introduza as argolas nas extremidades da pega. Aplique-as de novo na mala e aperte-as cuidadosamente com o alicate para as fechar.

Se não encontrar uma pega semelhante, compre uma tira de pele com pelo menos o dobro da largura da pega danificada e cerca de 7,5 cm mais comprida. Dobre a tira no sentido do comprimento, de modo que as beiras se unam ao meio, e cole. Compre uma tinta para cabedal da mesma cor da mala e tinja a pega.

Compre rebites numa loja de ferragens e aplique os rebites próprios para este trabalho. São constituídos por duas peças que se unem por pressão.

Apare as extremidades da pega e faça uma dobra de cerca de 3 cm cada uma. Use um punção e um martelo para abrir um furo em cada extremidade abrangendo as duas camadas. Passe uma das extremidades da pega pela argola. Introduza a peça superior do rebite nos furos.

Apoie a cabeça do rebite sobre uma superfície firme e com um martelo fixe a peça inferior. Repita o processo para a outra extremidade.

Fechos avariados

Se o fecho de mola de uma mala de mão estiver frouxo, é geralmente possível apertá-lo com um alicate de pontas. Por vezes, o problema não reside propriamente no fecho, mas nas respectivas dobradiças. Tente ajustadas, apoiando uma das extremidades do pino de encaixe numa superfície firme e batendo ao de leve na outra extremidade tio pino com um martelo até a dobradiça ficar mais presa.

Mudar a cor

Pode utilizar graxa para mudar a cor ou escurecer uma mala, mas terá de tomar cuidado para não manchar as roupas. Para tingir definitivamente uma mala, existem tintas próprias; aplique segundo as instruções do fabricante.

Reparações de emergência

Use fita adesiva ou um cordel grosso e uma tira de qualquer material forte com cerca de 1 cm de largura, como uma correia de cabedal de uma mala ou de uma sandália. Prenda-a à parte superior da pega partida, passe-a pela argola e em seguida prenda-a à parte inferior da pega. Ate firmemente, colocando as voltas do cordel muito juntas.

Se a pega estiver completamente partida, retire-a e utilize uma gravata velha segura às argolas como pega provisória.

malas-para-viagem-6


Adicionar Comentário