Como mudar as capas e as solas dos sapatos

Para tirar as capas velhas dos sapatos, agarre-as por uma ponta com a turquês e arranque-as de uma só vez.

Elimine os resíduos que ficarem e passe com uma grosa para madeira, para que a superfície do sapato fique rugosa.

Utilize uma capa já feita ou corte-a a partir de um pedaço de couro, com cerca de 7 milímetros de espessura.

Espalhe uma camada fina de cola, de forma homogénea, na capa e na superfície rugosa do sapato. Deixe secar durante cerca de 15 minutos. Se a capa for de couro, é conveniente repetir a operação: o couro é bastante poroso e absorve a cola.

Coloque a capa exactamente no sítio onde deve ficar, já que, depois, não poderá fazer acertos. Ponha o sapato na forma de sapateiro e dê algumas marteladas na capa, para que esta fique bem colada.

Acerte as extremidades com a faca e dê os retoques finais com uma grosa ou uma lima. Também pode polir as extremidades com um disco de lixa fixado no berbequim.

Se a capa for de couro, reforce a colagem com pregos de sapateiro. Não vale a pena fazer isto com as capas de borracha, já que os pregos não se seguram.

Quando a capa a substituir já estiver muito gasta, é preciso começar por homogeneizar a superfície de suporte: para isso, corte um pedaço de material adequado para preencher a falha no suporte e cole-o da forma descrita para as capas. Deixe secar e prossiga o trabalho da mesma forma.

Capas em sapatos de saltos altos

As capas em sapatos de saltos altos, Trata-se de um caso particular já que os saltos altos, sobretudo os finos, são feitos, geralmente, de material sintético e oco.
As capas adequadas para este tipo de saltos costumam ter fixações metálicas ou sintéticas, que é necessário introduzir no interior do salto.
Como a variedade de modelos e formatos é muito grande, é possível que nem sempre consiga encontrar as fixações adequadas. Nesse caso, faça o seguinte:

retire a capa usada e lime a parte inferior do salto. A parte oca deve ficar limpa e sem pó;

encha-a de aparas de madeira ou de fósforos e cole uma capa nova;

coloque alguns pregos na capa, de forma que estes entrem na parte preenchida com madeira. Os pregos têm de ser um pouco mais curtos que a parte oca do salto mais a espessura da capa.

Como mudar as solas dos sapatos

O processo de colocação das solas é idêntico ao das capas. Difere apenas no seguinte:

algumas solas são feitas de um material muito fino, o que faz com que seja impossível tirá-las. Neste caso, precisará de uma sola fina de couro ou de borracha para colar sobre a sola inicial;

as solas novas devem ser talhadas em bisel (algumas vêm assim de origem). Para isso, os sapateiros experientes utilizam uma faca, mas é preferível que os amadores usem uma grosa.

Se optar por cortar as solas a partir de um pedaço de material (de couro ou de borracha), utilize um modelo. A forma mais fácil de o fazer consiste em desenhar o contorno da sola numa folha de papel e cortá-la de forma a poder sobrepor o papel ao material. No entanto, ao cortar a sola, deixe uma margem de segurança de 2 ou 3 milímetros sobre o contorno.
Além disso, não esqueça que é a face mais irregular que deve colar ao sapato.

Comece a aplicar a cola a partir do meio da sola, distribuindo-a para a frente e para trás. Procure não modificar o arqueamento do sapato.


Adicionar Comentário