Não misture as suas emoções e o seu dinheiro

Convém separar os seus sentimentos pessoais e as suas emoções das suas finanças, especialmente quando está a tentar reparar o seu crédito.

Os sentimentos de auto-piedade, vergonha, medo ou tristeza, não o vão ajudar a reparar a sua pontuação de crédito.

Ficar calmo e profissional, quando você lida com agências de crédito e profissionais da área financeira irá ajudá-lo.

Se você precisar, continue a dizer a sí mesmo que a sua pontuação do crédito é apenas um número importante.

Mantenha o seu estado financeiro e o seu estado emocional tão longe quanto possível.

O mau crédito pode ser emocionalmente mau, e pode impulsionar o seu crédito para níveis assustadores e difíceis de reparar.

É importante que você mantenha o controlo sobre as suas emoções durante o processo de recuperação de crédito. Se você se debater muito com o seu crédito e se se encontra gravemente deprimido, procure ajuda.

Um problema de crédito é um problema que tem solução – não deixe que ele se torne num desastre emocional para si.


Adicionar Comentário