DICAS PARA FAZER UM BOM KATA

O kata é um dos fundamentos do karatê. De um modo geral, as pessoas que têm uma boa compreensão do kata, têm uma boa compreensão do karatê e, geralmente, uma boa compreensão da técnica como um todo.

No entanto, o kata tende a ser uma daquelas coisas que você ama ou odeia. Seja qual for o seu ponto de vista sobre o kata, uma coisa é certa: o kata é algo que pode sempre ser melhorado.

Este artigo é projetado para ajudá-lo a melhorar o seu kata, um passo de cada vez. Se você puder completar as seis etapas abaixo, você estará no caminho certo para a realização de um kata melhor:

Etapas para fazer um bom kata

  • Curve-se antes de começar a executar o seu kata- Você deve sempre se curvar antes de começar o seu kata. A curvatura é necessária antes de entrar no tatame. Se você está competindo ou realizando o kata na frente da classe, é uma boa prática curvar-se ao entrar no tatame. Você também deve se curvar novamente na sua posição inicial. A primeira curvatura é um sinal de respeito ao seu clube e área de formação. A segunda curvatura é um sinal de respeito ao seu Sensei.
  •  Anuncie o nome do kata em voz alta- O início de seu kata é quando você define o início da apresentação. Ao anunciar o seu kata em voz alta e com sentimento, você mostra ao seu Sensei que você é sério sobre o seu karatê. Anunciar o seu kata em voz alta lhe dá confiança e inspira você a dar o seu melhor.
  •  Concentre-se- Depois de ter anunciado o seu kata, demore alguns segundos para se concentrar, limpar sua mente de tudo, exceto do seu kata, e se focar na tarefa a seguir. Certifique-se de que você está respirando lenta e profundamente. Seu kata deve começar com uma respiração para fora (expiração).
  •  Pause ligeiramente no final de cada movimentação- Isso ajuda você com o tempo do seu kata. Fazendo uma pausa após cada série de técnicas, você recupera a sua compostura antes de prosseguir com a próxima série de movimentos. Claro que existem katas que exigem mudanças imediatas sem uma pausa, mas como regra geral, uma pausa ligeiramente no final de cada movimentação será o suficiente. Isso vai impedi-lo de “correr” pelo seu kata.
  •  Olhe para onde você está indo- Imagine que você está realmente lutando contra um adversário. Se você se lembrar disso, irá impedi-lo de ficar olhando para o chão (geralmente uma falta de confiança) ou até para a esquerda (muitas vezes para visualizar o próximo passo). Se você estivesse realmente lutando contra um atacante, você iria olhar diretamente para ele. Seu kata não deve ser diferente. Concentre-se em seu alvo.
  •  Peça ajuda- Se você não sabe como executar uma parte específica de seu kata, ou, se não tem certeza sobre a postura correta, não apenas dê um palpite ou chute. Muitos estudantes pulam ou correm pelos movimentos que eles não estão familiarizados, esperando que seu Sensei não vá notar. Mas uma coisa é certa e tenha sempre certeza disso: o seu Sensei percebe tudo! Se você não tem certeza sobre alguma coisa, pergunte! Como os senseis costumam dizer: “Não há perguntas tolas, apenas erros bobos”.

 

 


Adicionar Comentário