Esqui na neve, como escolher o equipamento; técnicas de base

Em Portugal, a prática do esqui só é possível em alguns pontos da serra da Estrela e, mesmo assim, só raramente. No entanto, existem muitas estâncias de Inverno em vários países da Europa, algumas das quais relativamente perto para quem se desloque de automóvel. Em todas as boas estâncias é possível alugar botas e esquis, mas se ficar muito entusiasmado e tiver possibilidades de praticar este desporto com alguma regularidade, pode valer a pena comprar o seu próprio equipamento.

Como escolher o equipamento

Os esquis para esqui alpino variam pouco em largura, e para um principiante não devem exceder em comprimento a altura do esquiador — os esquis mais compridos são mais difíceis de controlar, mas têm melhor estabilidade direccional. Os esquis para esqui de fundo são mais compridos e mais estreitos para deslizarem melhor na neve. Os esquis modernos são feitos em vários tipos de fibras sintéticas. São ligeiramente arqueados, de forma que, quando não têm peso em cima, apenas tocam no solo à frente e na retaguarda. Sob o peso de uma pessoa, assentam totalmente na neve.

Compre ou alugue as melhores botas de esqui que puder. As botas modernas são de plástico e as mais dispendiosas têm geralmente um forro que lhes permite ajustarem-se de forma confortável e proporcionar a sensibilidade desejável. Calce meias quando experimentar as botas. Uma regra básica para saber se o tamanho está correcto é a de que não se deve conseguir erguer o calcanhar dentro da bota, mas os dedos devem manter uma mobilidade total.

A ferragem que segura a bota ao esqui chama-se fixação. Para o esqui alpino, a fixação segura todo o comprimento da bota ao esqui, mas para o esqui de fundo permite a mobilidade do calcanhar; muitas vezes, as fixações dos esquis de fundo podem ajustar-se aos esquis alpinos. Quando comprar uns esquis, as fixações podem ser colocadas de acordo com as suas botas.

Os batons — com os quais dá impulso para a frente no esqui de fundo ou ajuda ao equilíbrio no esqui alpino — devem ter o comprimento certo. O bâton, apoiado no chão, na vertical, deve dar-lhe por baixo do braço.

A roupa para esquiar é uma questão de gosto pessoal e de capacidade financeira. As peças essenciais são um barrete de lã, para ajudar a conservar o calor do corpo, luvas bem ajustadas aos punhos e às mãos, um blusão quente e óculos escuros, ou óculos de esqui se estiver a nevar.

Técnica

Todas as estâncias de esqui têm instrutores e é conveniente inscrever-se numa aula de aprendizagem antes de tentar esquiar sozinho.

Antes de esquiar na neve, aprenda a andar com os esquis calçados. Com o auxílio dos batons, tente andar em círculos. Experimente subir uma pequena encosta, dando passos de lado se começar a escorregar para trás. A seguir, deixe-se deslizar.

Quando sentir que vai cair — o que acontece a toda a gente —, descontraia-se e procure cair de lado. Antes de se pôr de pé, coloque os esquis atravessados em relação à descida, encolha as pernas e ponha-se de cócoras. A seguir, enterre os batons com firmeza na neve para lhe servirem de apoio e levante-se.

Para começar a descer uma pequena encosta, dê um impulso para a frente com os batons e a seguir segure-os de forma que fiquem com a ponta virada para trás e levantada da neve. Depois do arranque, pode deslizar pela encosta sem necessitar mais dos batons. Para virar e parar, aprenda a posição de chasse-neige. Para virar à direita, por exemplo, faça mais pressão na perna esquerda, A seguir, desça a encosta fazendo S’s largos. Para parar, vire no sentido da subida.

Assim que dominar a forma de deslizar, de parar e de virar, pode começar a esquiar mais depressa, inclinando-se um pouco mais para a frente e fazendo menos curvas.

esqui na neve


One Response

  1. Deusdedit 9 de Fevereiro de 2013

Adicionar Comentário