Como jogar Golfe

O golfe joga-se ao ar livre num grande terreno com obstáculos, ao longo de uma série de buracos muito espaçados uns dos outros. Cada buraco está localizado numa área com relva bem aparada, conhecida por green, com acesso por um espaço de relva grosseiramente cortada, o fairway. No extremo oposto deste espaço encontra-se o tee — lugar onde os jogadores iniciam o jogo para cada buraco. Chama-se também buraco ao conjunto formado pelo tee, fairway e green. Os campos de golfe normais têm 18 buracos, cada um com um fairway de 90 a 550 m de comprimento ou mais.

O objectivo é bater uma bola de golfe a partir do tee (com uma pequena estaca de plástico, também designada por tee, colocada no terreno pelo jogador), ao longo do fairway até ao green e finalmente para o buraco, em tão poucas pancadas quanto possível. Para jogar cada buraco é estabelecido um número ideal de pancadas, conforme a distância a que estão do tee. Chama-se a este número o «par» do buraco. A tarefa é dificultada por obstáculos, naturais ou não, como árvores, regueiras, relva não aparada e valas com areia, os bunkers, estrategicamente colocados.

Regras e marcação de pontos

As regras são definidas e periodicamente revistas por acordo entre o Royal and Ancient Golf Club of St. Andrews, na Escócia, e a United States Golf Association. Em Portugal, a organização dos campeonatos de jogadores amadores está a cargo da Federação Portuguesa de Golfe.

Existem duas modalidades básicas de jogar e de pontuar:

«Stroke play»

Modalidade em que cada jogador (ou equipa de jogadores) joga contra todos os restantes, vencendo aquele que obtiver o menor número de pancadas na volta, ou seja nos 18 buracos.

«Match play»

Modalidade jogada buraco a buraco por indivíduos ou grupos uns contra os outros. Cada buraco é ganho por quem o completou com menos pancadas. O vencedor é o indivíduo ou grupo que ganhou mais buracos do que os que ainda estão por jogar, e não o que completou a volta com menos pancadas. Quem tenha ganho os primeiros 10 buracos, por exemplo, não pode perder, e diz-se que ganhou «10 e 8» — isto é, 10 buracos com 8 por jogar.

Em qualquer das modalidades, quando se verifica um empate depois de jogados os buracos combinados e é preciso decidir quem é o vencedor, normalmente os jogadores recomeçam desde o primeiro buraco até que um deles ganhe um — a isto chama-se desempatar por play off com sudden deatb.

Qualquer destas modalidades pode ser disputada por dois jogadores em singles ou a pares (dois contra dois, se jogarem match play, ou um par contra vários outros, se em stroke play). Cada grupo a jogar uma volta não pode ser formado por mais de quatro jogadores.

Numa partida a pares, existe a modalidade de foursomes, na qual os dois parceiros batem na mesma bola alternadamente.

Se a partida a pares é de four ball, better ball, cada parceiro joga com a sua própria bola, mas só é levado em linha de conta, para cada buraco, o melhor resultado de cada par.

Na modalidade de greensome, cada um dos parceiros do par inicia o buraco com a sua bola. continuando-se em seguida com a bola considerada em melhor posição na modalidade de foursomes.

Como escolher os tacos

Existem três categorias de tacos de golfe, cada um com o seu uso específico: as madeiras, os ferros e os putters. As madeiras são em geral usadas nos fairways e em especial nos tees para pancadas compridas para os greens. O driver é uma madeira que serve em geral para bater a bola do tee em buracos compridos. Os ferros usam-se normalmente para pancadas curtas, ou compridas depois da pancada inicial. O wedge é um ferro utilizado para pancadas curtas e altas feitas quer para o green, quer sobre obstáculos ou para tirar a bola de uma vala, e os putters servem para fazer rolar a bola nos greens e introduzi-la no buraco.

Um principiante pode aprender os rudimentos do golfe com uma pequena colecção de tacos emprestados ou comprados em segunda mão.

Um conjunto de tacos completo é em geral formado por três madeiras, oito ferros, um wedge, um sandwedge (para areia) e um putter. Se se inscrever num clube de golfe, pode aconselhar-se com um jogador profissional, que frequentemente é dono de uma loja de tacos e outro equipamento e que sabe mais sobre o jogo do que qualquer empregado de uma loja de artigos de desporto.

Os tacos normalizados são adequados para a maioria dos jogadores. Existem medidas para homens, mulheres e rapazes; mas podem encomendar-se tacos especiais com varetas mais compridas ou mais curtas. Os jogadores baixos precisarão de tacos com um ângulo mais pequeno do que os altos. este ângulo é aquele que a vareta faz com o terreno quando o taco está pousado sobre a base.

As cabeças e as varetas dos tacos podem ser feitas em vários materiais. As cabeças das madeiras podem ser de uma madeira especial, o persimmon, laminado de madeira, grafite ou aço. O material mais adequado para as varetas é o aço. O peso total do taco deve estar de acordo com a força e capacidade do jogador; o jogador médio entende-se melhor com tacos leves. Escolha pegas de borracha, fáceis de limpar e manipular quando molhadas, e não de couro.

A escolha do putter é muito pessoal, mas, de um modo geral, deve adaptar-se bem à mão, ser fácil de alinhar e de equilibrar e não oscilar quando dá a pancada. Experimente diferentes tipos de putter — os de lâmina, com rebordo e macete, são os mais populares.

Erros comuns

Dois dos erros mais comuns quando se dá uma pancada de golfe são o book, em que a bola faz uma curva da direita para a esquerda (com um jogador não canhoto), e o Slice, em que a bola curva para a direita. Um primeiro passo para corrigir qualquer deles é o bom alinhamento, que se consegue traçando uma linha imaginária que parte da bola parada para o buraco ou para outro alvo estabelecido.

 


Adicionar Comentário