Como se tornar vegetariano: dicas para iniciantes

Cada vez mais pessoas optam por ser vegetarianas, ou seja, fazer uma alimentação sem carne e à base de cereais, vegetais, leguminosas, sementes e fruta.

Existem, contudo, diversas “variantes” do vegetarianismo. Algumas pessoas optam por ser menos radicais e apenas semi-vegetarianos (comem esporadicamente peixe ou marisco), ovo-lacto-vegetarianos (consumem ovos, leite e derivados), lacto-vegetarianos (mantêm os lacticínios) e ovo-vegetarianos (que não deixam de consumir ovos).

vegetariano

Dieta alimentar

A base da alimentação de um vegetariano é o cereal, que deve constituir 60 % do seu prato. Os vegetais devem ocupar 30 a 40% do prato.

Aqui ficam algumas dicas que podem ajudar os iniciantes a tornarem-se vegetarianos:

  • Comece por considerar as razões que o fazem querer ser vegetariano. Talvez seja por razões morais, éticas (como o tratamento dos animais para o consumo), religiosas, de saúde, ambientais ou até uma combinação de todas estas. Certifique-se que é algo que realmente deseja e não uma ideia do momento.
  • Adquira alguns livros de cozinha vegetariana ou procure por receitas na internet, por exemplo. Visite restaurantes de comida vegetariana e vá experimentando. Desta forma, vai conseguir analisar se irá conseguir adaptar-se aos novos sabores e dieta alimentar.
  • Visite os supermercados perto da sua área de residência e analise a variedade de comida vegetariana que estes disponibilizam aos seus clientes. Esteja recetivo a experimentar alimentos novos, que até então nunca considerou, mas se podem revelar-se boas surpresas. Grande parte dos supermercados também já disponibiliza diversas alternativas à carne.
  • Aprenda a apreciar comida vegetariana ainda antes de se tornar vegetariano. Faça a transição aos poucos. Não precisa da noite para o dia cortar logo na carne, até porque isso se irá refletir na sua saúde. Evite uma mudança demasiado brusca.
  • Tenha em atenção as suas necessidades nutricionais. Uma dieta vegetariana é bastante saudável, talvez até mais saudável que uma dieta em que se inclui carne e produtos animais, mas apenas se consumir diariamente os nutrientes e vitaminas essenciais para se manter de boa saúde. Vai encontrar em livros, revistas e na internet diversas informações acerca das quantidades que deverá consumir diariamente.
  • Antes de optar pelo vegetarianismo, deve procurar aconselhamento médico para assegurar que não haverá lacunas alimentares.
  • Conte aos seus amigos e familiares das mudanças na sua alimentação. Certamente que irá continuar a visitá-los ou a ir a restaurantes na sua companhia, por isso, faz sentido que estejam a par que já não pode consumir determinados alimentos. Tenha em atenção que a sua família e amigos podem não aceitar/compreender esta sua mudança de dieta e mentalidade facilmente. Mantenha-se sempre calmo, educado e mostre os seus argumentos.
  • Certifique-se que consume uma boa porção diária de frutas e vegetais frescos, de modo a garantir que ingere doses suficientes e adequadas de vitamina B, C e ferro. Contudo, não consuma fruta em demasia, uma vez que o excesso de açúcar e a sua natureza geram acidificação no organismo.
  • Experimente! Ainda que não queira ser totalmente vegetariano, quem sabe se não se surpreende com algumas receitas e alimentos.

Adicionar Comentário