4 dicas para poupar no regresso às aulas

Setembro é mesmo um mês em que os gastos aumentam ( e muito) para as famílias com jovens e crianças em idade escolar, por isso será de máxima importância saber como poupar no regresso às aulas.

A verdade é que depois do mês de Agosto e das férias de Verão, o regresso ao trabalho acaba por se tornar apenas mais uma preocupação para a grande maioria dos pais e encarregados de educação. São várias as dores de cabeça que surgem por esta altura, incluindo as relacionadas com o início do novo ano letivo.

Por tudo isto, o que realmente importa é descobrir formas de como poupar no regresso às aulas. Assim, importa saber como se poderá emagrecer esta grande fatia orçamental e procurar por estratégias de poupança que sejam inteligentes.

Seguem-se algumas dicas.

 

regresso-aulas-poupar

 

Dicas de poupança

  • No que diz respeito aos manuais escolares, e para quem ainda não sabe ou nunca procurou, comece por dar primazia aos livros em segunda-mão. Com toda a certeza irá ajudar na redução e gestão do orçamento. Hoje existem, em Portugal, cerca de 94 bancos de recolha e troca voluntária de livros escolares sinalizados. Se mesmo assim ainda preferir manuais novos, opte por adquiri-los online, pois sairão mais em conta. De facto, editoras como a Leya, a Bertrans ou mesmo a Porto Editora, através do Escola Virtual costumam oferecer descontos para quem opta por esta via de aquisição. E mesmo já o próprio Continente Online também o faz.
  • Por outro lado, também é de grande importância distinguir o que é realmente essencial do que não o é. Para tal, crie uma lista de prioridades como o primeiro passo. Aproveite a ajuda dos filhos e incentive-os a participarem nesta tarefa, subsituindo uma imposição por uma orientação. Isto será um saudável exercício para todos. Uma vez concluída a lista, faça um inventário do que poderá ser reaproveitado do ano anterior. Isto é fundamental. Por exemplo, recicle cadernos com novas imagens, adorne-os com imagens das coisas preferidas dos seus filhos. Esta é a opção mais barata que vai encontrar. No caso de não lhe ser possível, opte por adquirir os tradicionais cadernos de capa preta, pois não só poderão ser adornados, como custam um quinto do valor dos restantes.
  • Algo que nunca deverá fazer (mas que em muitos casos, quer queiramos ou não já se tornou habitual) é deixar para a última da hora a ida às compras. Deve ir comprando apenas consoante as necessidades forem surgindo. Isto vai servir melhor os desejos e necessidade de poupança. Estipule um dia (com antecedência) para ir às compras.
  • Para poupar no regresso às aulas faça uma pesquisa na internet, pois as grandes superfícies comerciais dispõem de sites com os preços de produtos assinalados e promoções a decorrer e, desta forma, vai poder estabelecer valores para comparação.

Adicionar Comentário