Perceber o perigo da electricidade em casa

A electricidade é potencialmente perigosa se não for tratada com respeito e precaução.
Aconselhamos os amadores a deixarem que sejam os electricistas profissionais a executar qualquer trabalho que envolva a rede eléctrica. Contudo, alguns conhecimentos sobre os princípios da electricidade ajudá-la-ão a utilizá-la responsavelmente.

Curto-circuitos

A electricidade é fornecida a casas individuais através de um cabo ligado a um contador. Daí, a electricidade é distribuída para todos os circuitos independentes, abastecendo o sistema de iluminação, tomadas e aparelhos eléctricos individuais, tais como fogões e aquecedores.
Cada circuito está ligado a um disjuntor, que possui um fusível que queima se houver uma falha, tal como excesso de carga ou fio solto. A maior parte dos disjuntores actuais têm incorporado um interruptor que dispara quando o fusível queima.

Outros tipos de fusíveis possuem um fio de cobre (que se parte e tem de ser substituído para que a electricidade possa ser novamente fornecida ao circuito), ou um cartucho. Substituí-los é uma operação fácil, mas é fundamental que o fusível tenha a capacidade correspondente ao circuito. Os fusíveis são medidos em amperes: normalmente, os circuitos de iluminação utilizam fusíveis de 5 amperes, os circuitos para aparelhos como televisores, ferros de engomar, aquecedores e máquinas de lavar utilizam fusíveis de 20 ou 30 amperes e certos aparelhos, tais como as colunas de duche, podem necessitar de um fusível de 45 amperes. Um interruptor principal no contador permite que o fornecimento de electricidade seja interrompido enquanto está a substituir os fusíveis.

Condutor de corrente

A electricidade é conduzida através de cabos e fios flexíveis, geralmente com um condutor de cobre. A terra por baixo dos nossos pés também é um condutor de electricidade eficaz e qualquer fuga através de fios descarnados ou desligados dirigir-se-á para o chão, seguindo o caminho mais curto e passando através de qualquer objecto que encontre. Se nesse momento estiver a tocar nesse objecto ou for o próprio objecto, as consequências irão desde uma ligeira sensação de formigueiro, à morte instantânea.

É por este motivo que nos sistemas eléctricos se encontra incluído um fio de ligação à terra, para canalizar a teimosa corrente eléctrica para a terra através do cabo eléctrico de fornecimento. Uma falha na terra não originará necessariamente o fecho do circuito e por isso continua a ser possível apanhar um choque eléctrico, mas a ligação à terra que protege contra a corrente que se perde devido a fuga ou desvio interromperá o circuito, quando qualquer fuga ou desvio atravessar um condutor exterior (que pode ser uma pessoa.)
O fio de ligação à terra pode estar incluído no contador, para que todo o fornecimento de electricidade ao longo da casa fique protegido. Caso contrário, pode ser fornecido aos aparelhos individuais, utilizando uma ficha de ligação à terra que é ligada à tomada da parede.
Os tubos de água metálicos, as banheiras e os radiadores são todos potenciais condutores de electricidade e devem ser ligados a um fio de ligação à terra separado, que se dirija directamente ao contador e isto deve ser sempre feito por um electricista profissional.

A água é um excelente condutor de electricidade e deve haver sempre um cuidado extremo para não misturar as duas. Existem regras que regulam o posicionamento de aparelhos eléctricos em casas de banho e cozinhas. Chame sempre um electricista profissional para levar a cabo qualquer trabalho nestas áreas. Não mexa em Interruptores com as mãos molhadas e mantenha todos os aparelhos a uma distância segura de qualquer local onde exista água. Nunca utilize uma extensão numa casa de banho para ligar aparelhos como, por exemplo, aquecedores.
Atenção! Não volte a ligar circuitos eléctricos nem substitua fusíveis antes do problema ter sido identificado e resolvido.

O que é um watt?

As fichas dos equipamentos computorizados, rádios e candeeiros são normalmente ligados a um fusível de 5 amperes.
Os fogões devem ser sempre ligados a um circuito destinado apenas a eles, com uma tomada e fusível de 30 amperes. As máquinas de lavar roupa e os frigoríficos podem ser ligados a uma tomada normal com um fusível de 13 amperes.
Duas operações simples ajudam-na a calcular a potência necessária, bem como o fio eléctrico e fusível adequados.
Watts : Volts = Amperes (tipo de fio e fusível necessários) Amperes x Volts = Watts (potência necessária para fazer funcionar o aparelho).

Tentar compreender os amperes, volts e watts pode provocar-lhe um nó no cérebro, mas é por demais evidente que uma máquina de lavar roupa requer mais potência (watts) e, consequentemente, um fluxo de corrente maior (amperes), do que uma lâmpada. O mesmo se aplica a uma máquina de lavar.
A maioria das tomadas é de 13 amperes e, como a máquina de lavar roupa necessita em média de 3.0 kW (3.000 watts) de potência, pode chegar à conclusão, utilizando os cálculos, que uma tomada fará funcionar uma máquina de lavar roupa e que a ficha necessitará de um fusível de 13 amperes. Um candeeiro de mesa com uma lâmpada de 60 watts necessitará de, pelo menos, 4 amperes e, por isso, não haverá problema se utilizar uma tripla e ligar dois candeeiros à mesma tomada.

Os artigos consumidores de energia (fogões e aquecedores a óleo) devem ter circuitos independentes e tomadas próprias.
Os amadores não devem tentar executar qualquer trabalho em circuitos, interruptores ou tomadas eléctricas. Qualquer tarefa relacionada com a electricidade deve ser mantida no exterior de uma tomada, deixando para um electricista profissional o que quer que se encontre no Interior.


Adicionar Comentário