Esquadros, como fixar suportes para prateleiras

Existem dois tipos principais de esquadros utilizados para suporte de prateleiras: esquadros em ângulo recto, fixados directamente a uma parede, e sistemas de calhas, os quais possuem braços que encaixam num canal vertical e cuja altura é regulável.

O tipo mais simples de esquadro em ângulo recto é feito de aço prensado e existe no mercado numa gama de tamanhos entre 7,5 e 30 cm. Alguns esquadros em ângulo recto têm um braço mais comprido que o outro, sendo o braço maior aquele que se lixa à parede.

Os sistemas de calhas de material leve, feitas de alumínio com um acabamento anodizado prateado ou dourado, são vantajosos quando se prevê que as alturas das prateleiras sejam periodicamente alteradas ou quando as prateleiras são dispostas a diferentes alturas. Os braços de suporte engancham em ranhuras nos canais verticais e podem ser ajustados a intervalos de aproximadamente 2,5 cm. Alguns sistemas possuem braços que correm no canal, o que proporciona um ajustamento quase ilimitado. Os braços são travados na posição correcta pelo peso exercido pela prateleira.

Fixação de esquadros em ângulo recto

Marque com um lápis na parede a altura devida para a prateleira. Segure um esquadro contra a parede, com o braço superior ao nível da marca, e utilize um nível de bolha de ar para verificar se está na vertical. Com o lápis, marque na parede onde há-de fazer os furos dos parafusos.

Fure a parede nos pontos marcados com uma broca de alvenaria e introduza buchas nos orifícios. Prenda o esquadro com parafusos de cerca de 4 cm de comprimento para que atravessem o estuque e penetrem pelo menos 2,5 cm no tijolo subjacente. O calibre dos parafusos dependerá da dimensão dos orifícios do esquadro — geralmente, calibre 8 para os esquadros pequenos e 10 para os maiores. Utilize sempre o maior calibre de parafuso que os orifícios possam receber. Com um nível de bolha de ar, verifique se o braço superior está horizontal. Se não estiver, meta calços feitos de pedaços de papelão fino atrás do braço vertical.

Fixe os restantes esquadros da mesma maneira, tendo o cuidado de os manter todos ao mesmo nível. Assente a prateleira nos esquadros. Coloque sobre ela um nível de bolha de ar para verificar se está horizontal. Através dos orifícios dos parafusos do braço de suporte faça incisões com uma verruma ou Furador na parte inferior da prateleira. Aparafuse a prateleira aos esquadros com parafusos que peneirem em cerca de metade da espessura da prateleira.

Fixação de um sistema de calhas

É essencial que os topos das calhas estejam exactamente à mesma altura para que as prateleiras fiquem horizontais.

Faça uma marca a lápis na parede a altura devida para a primeira calha. Segure a calha contra a parede e assinale a lápis a posição do orifício para o parafuso superior. Fure a parede, meta uma bucha e utilize um parafuso de 5 cm de comprimento para unir a calha à parede. Não aperte o parafuso; deixe a calha pendurada de modo a oscilar como se fosse um pêndulo. Quando parar de oscilar, está na vertical; segure-a contra a parede e marque os restantes orifícios para os parafusos. Abra os furos, meta-lhes buchas e fixe a calha com parafusos de calibre 8 ou 10.

Coloque uma ripa de borda perfeitamente rectilínea no topo da calha fixada, nivele-a com um nível de bolha de ar e assinale a posição do topo da calha seguinte. Fixe a segunda calha como fez com a primeira. Se houver mais calhas, continue a fixá-las da mesma maneira.

Numa parede de superfície irregular, utilize pedaços de cartão fino atrás de um ou mais orifícios de parafusos para impedir que a calha empene.


One Response

  1. cristian d f rocha 23 de Setembro de 2014

Adicionar Comentário